Em agosto, a Câmara Municipal de Seia vai realizar passeios pedestres com o objetivo de divulgar a riqueza natural e cultural das Aldeias de Montanha e da Serra da Estrela.

Os passeios serão realizados às quartas-feiras pelo Centro de Interpretação da Serra da Estrela (CISE), um equipamento municipal que tem sede na cidade de Seia, no distrito da Guarda.

Durante o mês de agosto serão disponibilizados quatro trajetos em áreas do Parque Natural da Serra da Estrela e do território das Aldeias de Montanha.

"Os itinerários propostos são de pequena rota, circulares, todos com um grau de dificuldade algo difícil e de extensão semelhante, entre seis e sete quilómetros", refere o município de Seia em nota hoje enviada à agência Lusa.

A fonte explica que o projeto, dirigido a todos os amantes do pedestrianismo, visa "dar a conhecer a riqueza natural e cultural das Aldeias de Montanha e da Serra da Estrela".

O primeiro percurso, com uma extensão de seis quilómetros, será realizado no dia 03 de agosto, na zona da Torre, no ponto mais alto da Serra da Estrela.

"O itinerário proporciona a visita a diversos locais onde a ação modeladora dos gelos do último período glaciário é notória. Na paisagem dominam afloramentos rochosos, prados e matos de altitude, que suportam um leque de espécies de fauna e flora típicos de zonas montanhosas", é explicado.

Segue-se, no dia 10 de agosto, a Rota das Canadas, em Alvoco da Serra, um percurso com uma extensão de 6.160 metros, que abrange uma paisagem "onde persistem afloramentos graníticos, giestais, urzais e campos agrícolas".

Para 17 de agosto, a sugestão recai sobre o vale da ribeira da Caniça, na localidade de Lapa dos Dinheiros, sendo os interessados convidados a realizar um percurso com cerca de sete quilómetros, que apresenta "uma paisagem montanhosa dominada por soutos, pinhais, lameiros, matos e afloramentos rochosos".

Por fim, no dia 24 de agosto, o CISE realizará a Rota das Minas do Círio, com um percurso ao longo do vale da ribeira de Valezim.

Segundo a organização, o trajeto com 7.100 metros abrange "uma área marcada por contrastes paisagísticos acentuados, onde predominam matas de pinheiros e castanheiros, campos agrícolas em socalcos e habitats ribeirinhos".

"No setor inferior do vale, com acesso por um caminho florestal, situam-se as minas do Círio, um antigo complexo mineiro de estanho e volfrâmio, cuja lavra remonta ao período da Segunda Guerra Mundial", lê-se na nota.

Os interessados em participar nos passeios devem fazer a inscrição junto do CISE.

Cada atividade, realizada com um mínimo de seis pessoas, tem um custo associado de cinco euros.

A rede de percursos pedestres das Aldeias de Montanha do concelho de Seia é constituída por 14 rotas, com cerca de 100 quilómetros.

O projeto abrange as localidades de Alvoco da Serra, Cabeça, Lapa dos Dinheiros, Loriga, Sabugueiro, Sazes da Beira, Teixeira, Valezim e Vide.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.