Quem nos segue diariamente, por esta altura, já sabe que os aviões são atingidos por relâmpagos com alguma frequência e a razão pela qual a comida no avião sabe sempre mal, entre outras curiosidades que pode conferir aqui.

Se nos segue com frequência, é provável que, hoje em dia, sempre que viaja de avião, não beba café durante o voo, leve os seus próprios auriculares e que não se preocupe em fechar a sua mala com cadeado, não fossem as dicas que partilhamos dadas por diferentes colaboradores de companhias áreas sob anonimato. Também lhe revelamos os lugares no avião com mais germes e como evitar infecções durante o voo. Para que não lhe restassem dúvidas, mostramos-lhe a frequência com que os assentos dos aviões são limpos.

Mas acha que já sabe tudo sobre aviões? Acredite que ainda há muito mais para descobrir sobre este universo que faz com que mais de 1,2 milhões de pessoas viaje diariamente pela terra. Percorra a fotogaleria para ficar a conhecer mais 13 factos sobre aviões.

1. É impossível trancar-se na casa de banho do avião

Dentro do sinal de ocupado da casa de banho, existe um pequeno botão que, caso puxe, a porta vai se abrir, mesmo que esteja trancada.

2. Pilotos e co-pilotos comem refeições diferentes

Embora não seja obrigatório pela Administração Federal de Aviação (FAA), a maioria das companhias utiliza este método para minimizar o risco de sofrerem uma intoxicação alimentar ao mesmo tempo.

3. A tripulação do seu voo só é paga quando estiver no ar

De acordo com a Thrillist, os pilotos e os comissários de bordo só recebem pelas horas em que o avião está no ar. Portanto, atrasos de voos, cancelamentos e layovers afetam tanto as equipas como aos passageiros. Pense duas vezes na próxima que reclamar sobre um atraso com a tripulação.

4. O ar do avião é tão seco quanto o do Saara

A humidade do ar na cabine do avião é inferior a 20% - que é a humidade média do deserto do Saara. Em casa, por exemplo, o grau de humidade ronda normalmente os 30%. Esta atmosfera árida tende a secar as mucosas do nariz e a garganta, tornando o corpo mais vulnerável a infecções.

5. É tecnicamente impossível morrer num avião

É raro, mas é possível um passageiro falecer durante um voo. Por questões legais, a tripulação aérea não pode declarar uma morte. Para estas situações, não existe um guia oficial de orientações de como proceder. O comum é usar uma fila de bancos vazia ou, caso o voo esteja lotado, utilizar o espaço do corredor. E onde existem mais bancos vazios? Na primeira classe…

6. Há 9.700 aviões e 1.2 milhões de pessoas no céu a qualquer hora

Os números exatos, de acordo com o FlightAware, são em média, 9,728 aviões com um total de 1,270,406 pessoas. Isto faria com que, caso os céus fossem um país, fosse o 156º mais populoso do mundo, entre a Estónia e Timor Leste.

7. A parte de trás do avião é a zona mais segura em caso de acidente

Reforçamos a ideia de que os acidentes de avião são raros. Contudo, um estudo de 2007, do Popular Mechanics, concluiu que a parte de trás do avião oferece mais hipóteses de sobrevivência aos passageiros. É também estrategicamente mais vantajoso para ficar “amigo” do assistente de bordo e obter coisas grátis.

8. Se costuma ficar estranhamente emocional em aviões, não está sozinho

Anos atrás, a Virgin America realizou um estudo na sua página de Facebook, no qual 41% dos homens admitiram chorar ao ver filmes durante um voo e 55% das pessoas afirmaram sentir-se mais emocionais enquanto voavam. A verdade é que o stress de viajar e a diminuição do oxigênio que se experimenta em altitude influenciam o nosso humor.

9. Já reparou que os pilotos falam sempre pouco?

Os pilotos dizem apenas o necessário e não é à toa. É por razões de segurança e para evitar que os passageiros entrem em stress e em pânico durante o voo. Tenha ainda em conta que os pilotos, só como última opção, é que irão admitir que existe um problema no motor ou com outro sistema técnico.

10. E os assentos da classe económica? Já notou que estão cada vez mais próximos?

É verdade. Nos últimos anos, os assentos da classe económica ficaram mais próximos uns dos outros. Isto foi para que as companhias áreas ganhassem pelo menos mais uma fila de assentos.

11. Há um machado na maioria das cabines do piloto

O machado é para ser utilizado em situações de emergência.

12. Pilotos e co-pilotos dormem durante o voo

Isto acontece mais vezes do que imagina e, em longos voos, pode ser importante existir este descanso.

13. É provável que o tanque que armazena a água do seu voo nunca tenha sido lavado

O melhor será evitar beber água, a menos que esteja engarrafada. Especula-se que os tanques onde a água é armazenada em algumas aeronaves nunca sejam lavados. Não é certo, mas mais vale prevenir.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.