Os hóspedes começam a sentir-se especiais ainda antes de chegarem ao hotel. O LaGare disponibiliza um barco, incluído no preço da reserva, para as deslocações entre o aeroporto e o hotel e entre o hotel e o centro de Veneza. É preciso reservar o serviço com antecedência mas é fantástico chegar ao aeroporto e ter um barco à nossa espera para entrarmos em estilo na cidade de Veneza.

O hotel está alojado numa antiga fábrica de vidro. O seu exterior mantém os tijolos vermelhos e o aspecto industrial mas no interior o design é elegante e contemporâneo.

LaGare Veneza
créditos: Travellight e H. Borges

A recuperação do espaço foi feita com cuidado e o resultado final é maravilhoso. No lobby é possível ver um vídeo que retrata todo o esforço que foi levado a cabo para a requalificação.

Os espaços comuns são em tons neutros pontuados com obras de arte em vidro que nos relembram a cada instante que estamos em Murano - a capital do vidro. A iluminação também merece uma menção especial, está extremamente bem conseguida.

LaGare
créditos: Travellight e H. Borges
LaGare
créditos: Travellight e H. Borges

Fiquei num quarto com boas áreas divididas em dois níveis: uma sala em baixo e a cama localizada numa mezzanine. No tecto havia uma janela de bom tamanho, com persianas que podíamos abrir e fechar com um comando remoto. Da janela da sala avistávamos o pátio onde era servido o pequeno-almoço e a antiga parede da fábrica que foi mantida à volta do hotel.

A decoração é elegante e moderna e a casa de banho tem um bom chuveiro. O wifi funciona bem.

LaGare
créditos: Travellight e H. Borges

O pequeno-almoço é servido em buffet e tem uma grande variedade de frios, frutas, pães, queijos, iogurtes, cereais e doces servidos em porções pequenas, perfeitos para degustar. Achei todos os alimentos de excelente qualidade e sabor.

Quem não quiser usar o barco do hotel (que tem horários fixos) pode facilmente apanhar um vaporetto na estação Museo que fica mesmo em frente ao hotel e em cerca de 15 minutos está em pleno centro de Veneza, na Praça São Marcos. Esta localização também é ideal para explorar as outras ilhas da lagoa Veneziana, como Burano e Torcello e, claro está, a própria ilha de Murano.

Ficar neste hotel é uma óptima alternativa para quem vai visitar Veneza. O preço é muito mais acessível do que os praticados no centro da cidade, as instalações são espectaculares e o serviço é muito profissional e atencioso. Recomendo!

LaGare
créditos: Travellight e H. Borges

Sigam as minhas aventuras mais recentes no Instagram e no Facebook

Artigo originalmente publicado no blogue The Travellight World

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.