O Sandy Lane é o hotel mais procurado no Natal por algumas das estrelas mundiais: o cantor Mick Jagger, a cantora Rihanna ou o produtor Simon Cowell são clientes habituais para passar a consoada. À chegada ao aeroporto da ilha de Barbados, nas Caraíbas, os hóspedes têm um Rolls Royce ou um Bentley para os levar até ao resort. Mas se preferirem, a viagem faz-se de helicóptero. Aqui, encontram luxo, privacidade, o que torna este espaço a predileção da realeza, de estrelas da música e do cinema, dos milionários.

Lotado durante todo o ano tem em dezembro a maior lista de espera de sempre, desde os dias que antecedem o Natal e até à passagem de ano. A estadia ronda os cinco mil dólares por noite. Pode também alugar uma casa de campo por um valor a rondar os 35 mil dólares. Mas os hóspedes podem desfrutar de uma área de 670 metros quadrados, cinco quartos, piscina privativa e acesso direto à praia. E porque este hotel é o mais exclusivo do mundo, a mansão dispõe, 24 horas por dia, de serviços de mordomo, governanta, ‘chef’ para preparar as melhores refeições e segurança.

Cada pormenor do resort mostra requinte. O lobby tem paredes e chão em mármore italiano, tal como os quartos e suites, e o rosa é uma espécie de assinatura que vai desde os arranjos florais até às espreguiçadeiras, toalhas e chapéus-de-sol. E as mordomias são extraordinárias. Há uma média de cinco empregados por cada hóspede, que não precisam sequer de se preocupar em desfazer as malas ou limpar os óculos de sol. O spa é um dos melhores do mundo e a piscina de dimensões generosas tem som subaquático. Este resort tem três campos de golfe – que foi onde, aliás, em 2006, se realizou o campeonato do mundo. Os jogadores aqui até têm direito a massagens e a carrinho com GPS.

Foi nos anos 50 que nasceu a lenda do hotel, quando Ronald Tree – membro do Partido Conservador britânico e neto de um milionário norte-americano, dono das lojas Marshall Field, em Chicago – passava grandes temporadas em Barbados, onde tinha casa. Em 1958, idealizando um espaço maior para receber amigos, Ronald aproveitou os 153 hectares de uma antiga plantação de açúcar, com vista para a praia, para construir o Sandy Lane. Em 1961, este era um espaço íntimo, com 52 quartos e um campo de golfe de nove buracos. Graças à sofisticação, este hotel ganhou fama junto de uma elite sofisticada. Entre as estrelas de Hollywood e a realeza, o hotel estava sempre na lista dos locais mais paradisíacos a visitar. A Rainha Isabel II, Frank Sinatra, Mick Jagger e Jerry Hall foram dos primeiros clientes.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.