Assim como várias outras cidades, Sambuca tem sofrido com uma diminuição da população, já que os moradores faleceram ou se mudaram para as grandes cidades. Atualmente, Sambuca tem menos de 6 mil moradores.

Houve outras iniciativas semelhantes noutras partes da Europa e mesmo em Itália, mas não é o mesmo, como Giuseppe Cacioppo, vice-presidente e vereador de turismo em Sambuca, explicou à CNN: "Ao contrário das outras cidades em que eles simplesmente fizeram isso como forma de se promover, esta câmara possui todas as casas à venda por 1 euro. Não somos intermediários: se quiser aquela casa, será sua imediatamente. "

No entanto, há algumas regras. Primeiro, todos os novos proprietários devem concordar em renovar as casas.  Segundo a CNN, as casas “em ruínas” podem variar entre 40 e 150 metros quadrados e renová-las exige um investimento mínimo de 15 mil euros. Além disso, os novos proprietários devem pagar uma caução de segurança de 5 mil euros  que é totalmente reembolsável após a conclusão das obras.

Entre os destaques de Sambuca, podemos incluir  as vistas do vulcão Etna à distância, passeios nas ruínas antigas, arquitetura árabe, excelentes vinhos locais e, claro, gastronomia italiana.

Giuseppe Cacioppo reconhece que já venderam mais de uma dúzia de casas e que têm pedidos da Alemanha, França e Espanha.  Pode ver as casas disponíveis no site da cidade.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.