1. Como/quando começou o “bichinho” das viagens?

Ana: O “bichinho” das viagens sempre esteve bastante presente nas nossas vidas. Apesar das nossas prioridades mudarem ao longo dos anos, viajar sempre fez parte do quotidiano. Ambos passeamos muito com os nossos pais e familiares quando éramos mais novos e dependentes mas, infelizmente, nem sempre tivemos oportunidade de fazer viagens internacionais. Quando nos conhecemos, percebemos que temos essa paixão em comum e decidimos que a nossa prioridade, durante alguns anos e enquanto se proporcionar, será explorar o Mundo.

2. Além de viajar, gostam muito de…

Ricardo: Por mais estranho e contraditório que pareça, gostamos muito de estar em casa! Adoramos ir, mas também gostamos muito de regressar. Gostamos de receber e de ser recebidos. Gostamos de um bom serão com amigos e familiares, e de uma mesa farta.

O nosso blog é o hobbie a que dedicamos mais tempo, sendo que, ambos gostamos de tecnologia, de ler e de fotografia.

3. Quantos países já visitaram?

Ana: Não pretendemos colecionar países, queremos vivê-los e senti-los. Queremos sair de lá com vontade de regressar. Já contamos com 13 países e milhares de experiências. Alguns já repetimos algumas vezes, mas sempre em cidades diferentes como, por exemplo, em Itália. Viajamos a primeira vez em 2017, num circuito de 10 dias, e regressamos este ano em fevereiro para conhecer Verona.

4. Viagens mais marcantes e porquê?

Ana: O destino que nos marcou mais até hoje foi a Índia. Era a nossa viagem de sonho e conseguimos realizá-la em outubro de 2019. Foi “A” viagem! Mergulhamos numa realidade completamente diferente da nossa e saímos de lá riquíssimos de espírito e agradecidos à vida. Os cheiros, as cores, os sons, os sorrisos… um despertar de todos os nossos sentidos que ainda hoje conseguimos sentir quando vemos as imagens dessa viagem.

Não é um destino para viajantes inexperientes mas, mesmo assim, pegamos na mochila e partimos. Foi a nossa primeira “longa viagem” e a segunda fora da Europa. Não nos arrependemos por termos escolhido este destino para a nossa estreia pelo Mundo. Dizem que a Índia ou se ama ou se odeia, nós fazemos parte da lista dos que amam.

5. Destino que quer regressar e porquê?

Ricardo: Queremos muito voltar à Índia, mas ainda temos muito Mundo para explorar, por isso, não devemos regressar tão cedo. Temos como princípio não repetir destinos, no entanto, este ano fomos à Suíça e saímos de lá fascinados! Voltaremos, sem dúvida, para conhecermos mais algumas cidades.

6. Próximos destinos e expectativas. Tendo em conta a atual conjuntura, como acha que vão ser as viagens durante e pós-Covid-19?

Ana: Desde o desconfinamento, temos viajado apenas por Portugal. Já vimos oportunidades únicas em várias companhias aéreas e, apesar do desejo de voar, não avançamos com a compra. Preferimos viajar com a certeza que vamos desfrutar da viagem em pleno. Ainda existem vários locais turísticos encerrados e isso comprometeria a viagem, assim como o receio dos cercos sanitários e dos cancelamentos de voos.

Em relação ao vírus, é verdade que tanto o podemos contrair em Portugal como noutro país porém, não gostamos da sensação de instabilidade e preferimos manter-nos por “perto”. Optamos por viagens de carro e, se tudo correr bem, viajaremos até à Galiza ainda este ano. Contudo, continuaremos a explorar o nosso país com todas os cuidados de segurança e sem receios.

No futuro, desejamos que todos possam voltar a partir e que um dos nossos próximos destinos seja o Irão, tal como programado no início deste ano.

7. Dica de viagem mais valiosa que podem dar

Ricardo: Uma das coisas que tentamos sempre pôr em prática, em Portugal e no estrangeiro, é interagir com pessoas locais. Cá em Portugal, pedimos dicas aos nossos seguidores/amigos e temos pessoas locais a ajudarem-nos a enriquecer os nossos roteiros.

Nos outros países, muitas vezes, fazemos questão de ficar hospedados em alojamentos locais, para conseguirmos ter uma maior proximidade com os anfitriões e, claro, recebermos aquelas dicas que só os nativos conhecem.

Outra dica que considerámos importante: não viajem apenas pela fotografia gira para o Instagram. Adoramos fotografia, mas acima de tudo, damos mais importância ao local, à experiência e ao que os nossos olhos vêem.

8. Lugar preferido em Portugal

Ana: Açores e Trás-os-Montes! Somos fascinados pelo nosso país e sempre fizemos questão de o explorar e divulgar, mas estas regiões têm um cantinho especial no nosso coração. Ambas fazem parte das minhas origens e aqui o sangue fala mais alto.

Quando escolhemos um destino, damos preferência a locais pouco turísticos, pouco explorados e com identidade. Trocamos - facilmente - o chinelo de praia pela bota de montanha. O bikini pelo gorro. Adoramos miradouros.

Siga aqui o Gato Vadio

Se querem fazer parte da comunidade SAPO Viagens no Instagram, partilhem as vossas fotos com a hashtag #sapoviagens

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.