Cheguei ao fim da tarde, quando as multidões que todos os dias enchem o Lago di Braies começavam a debandar. Não o vi imediatamente porque na sua frente existem árvores e um grande hotel, mas, assim que contornei o edifício, deparei-me com uma verdadeira visão! Já tinha ouvido falar muito deste lugar mas nada me preparou para a beleza estonteante que aqui encontrei.

Lago di Braies
Lago di Braies créditos: The Travellight World

Localizado a 1.500 metros acima do nível do mar, no ponto mais ao norte do Parque Natural Fanes, Sennes e Braies, que faz parte das Montanhas Dolomitas - Património Mundial da UNESCO, este lago natural foi formado por um deslizamento de terra que bloqueou o rio Braies.

Para além do cenário extraordinário de cartão postal, composto por montanhas dramáticas, vegetação exuberante e águas cristalinas com tons que vão do verde esmeralda ao azul turquesa, o Lago di Braies oferece diversas actividades para os que amam a natureza. Podemos andar de barco ou de caiaque, percorrer a trilha que fica em volta do Lago ou simplesmente relaxar nas suas margens.

Lago di Braies
Lago di Braies créditos: The Travellight World

Como chegar ao Lago di Braies

Não há aeroporto internacional perto de Lago di Braies, mas podemos voar para Veneza, Verona, Milão ou Innsbruck e viajar a partir daí de comboio ou num carro alugado.

A estação de comboio mais próxima é Niederdorf (Villabassa) e entre 20 de Junho e 20 de Setembro, há um autocarro que faz a conexão entre a estação e o Lago.

Se puderem, aconselho a passarem uma noite no Hotel do Lago di Braies porque assim têm a oportunidade de apreciar o lugar depois da maioria dos turistas partirem e de manhã, antes das multidões chegarem.

Lago di Braies
Lago di Braies créditos: The Travellight World

Sigam as minhas aventuras mais recentes no Instagram e no Facebook

Artigo originalmente publicado no blogue The Travellight World 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.