Ponta Delgada, localizada na Ilha de S. Miguel, Açores, é o ponto de partida ideal para quem gosta de combinar paisagens incríveis, gastronomia única e cultura.

As temperaturas médias anuais, amenas durante praticamente o ano inteiro (oscilam entre os 14 e os 25 graus), fazem desta ilha um destino apetecível seja verão ou inverno. Aproveite os voos para Ponta Delgada da TAP e faça uma viagem inesquecível.

O Festival Tremor toma conta da ilha

O festival transforma S. Miguel num grande palco artístico onde a música, os concertos, residências artísticas, interações com a paisagem, entre outras propostas, convidam a comunidade local e os visitantes a uma experiência única.

O Tremor decorre de 9 a 13 de abril em vários locais, entre Ponta Delgada e São Miguel. Entre os dias 9 e 12 o festival acontece em toda a ilha de São Miguel. No dia 13 concentra-se em Ponta Delgada.

O festival é um evento para todas as idades. Por isso, a família está toda convidada a assistir! É necessária a compra de bilhete, mas há atividades de entrada livre.

Há também o Tremor Todo-o-Terreno, um conjunto de duas experiências específicas que convidam o público a fazer percursos pedestres surpresa e a descobrir composições musicais originais, gravadas e tocadas ao vivo por artistas convidados. Na sequência deste lado surpresa do festival e para quem gosta de ser surpreendido, experimente o Tremor Estufa, um conjunto de concertos surpresa em locais também eles surpresa. Para os mais pequenos, há o Mini-Tremor onde não vai faltar muita música.

Ponta Delgada para curiosos

Se procura algo diferente, não deixe de obter um guia/mapa da cidade elaborado por locais. "Ponta Delgada para Curiosos" é uma agenda cultural onde encontra as melhores dicas para descobrir algo novo na cidade.

Ponta delgada
Ponta Delgada, vista do adro da Igreja da Mãe de Deus créditos:José Luís Ávila Silveira,Pedro Noronha e Costa/Domínio Público

A gastronomia tradicional que faz crescer água na boca

Não deixe de provar uma caldeirada de peixe fresco, um marisco selvagem, ou um suculento bife regional, sempre primando pela qualidade e identidade açorianas. No campo das sobremesas, prepare-se para saborear várias iguarias: desde os doces conventuais a algo diferenciador como pudins de chá verde e de feijão, sem esquecer a massa sovada ou o bolo lêvedo. E, claro, os queijos da região e o famoso ananás, que aqui tem outro sabor.

Não deixe também de experimentar o Chá Gorreana. Aliás, a Plantação de Chá de Gorreana em São Miguel é a mais antiga plantação de chá da Europa.

chá gorreana são miguel
créditos: Eduardo Manchon /CC BY-SA 3.0

Salto do Cabrito

Se gosta de caminhadas, experimente fazer o percurso pedestre do Salto do Cabrito, que inicia e termina na zona das Caldeiras da Ribeira Grande. Este percurso tem uma extensão de 7,5 quilómetros, é de dificuldade fácil e demora cerca de 2h30 a percorrer. Não perca também a Cascata do Salto do Cabrito, uma queda de água com 40 metros de altura. 

Ruínas do Hotel Monte Palace

De hotel de 5 estrelas a ruínas. Hoje em dia é uma atração turística que muitos consideram obrigatória em S. Miguel. Observar a Lagoa das Setes Cidades a partir de um dos inúmeros quartos do Monte Palace, ou das estruturas degradadas dos seus antigos quartos, deverá fazer parte do seu roteiro, por muito estranho que pareça…

Lagoa das Sete Cidades

Localizada no fundo da caldeira das Sete Cidades, na freguesia com o mesmo nome, é uma das sete maravilhas naturais de Portugal. É também o maior lago de água doce dos Açores e é constituído por duas lagoas, a Lagoa Verde e a Lagoa Azul. A sua paisagem verdejante e as encostas escarpadas dão a este local um toque único e inspirador.

Lagoa das Sete Cidades, São Miguel
créditos:Lacobrigo/CC BY-SA 4.0
Ponta Delgada desde 46€