Inspirado na forma de uma flor de lótus representando Guangzhou como a "Cidade das Flores", o conceito do novo estádio do clube Guangzhou Evergrande foi proposto pelo presidente do Grupo Evergrande, Jiayin Xu, enquanto o design foi conduzido pelo designer norte-americano Hasan A. Syed, do escritório de arquitetura Gensler.

Segundo o ArchDaily, os arquitetos chineses criticaram amplamente o trabalho como mais um marco figurativo que representa o gosto desatualizado de clientes de alto perfil, enquanto o público em geral o elogiou pela representação direta da cultura chinesa.

No geral, o estádio está planeado para ter 100 mil lugares e 162 camarotes VIP, superando o atual maior estádio do mundo, o estádio Camp Nou, em Barcelona, que possui 99.354 lugares.

A construção está prevista para ser concluída até o final de 2022, com a intenção de receber jogos para a Copa da Ásia de 2023.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.