Imagem: Luistxo eta Marije

Composta por quatro parques naturais e por algumas áreas protegidas, a Meseta Ibérica é uma das 15 Reservas da Biosfera Transfronteiriças existentes no mundo e abrange um total de 87 municípios do Nordeste Transmontano e das províncias Espanholas de Zamora e Salamanca. Trata-se de um vasto território sem fronteiras naturais, que partilha uma fauna, uma flora e até uma identidade cultural.

Mas o que é uma Reserva da Biosfera? É uma área de ecossistema que promove soluções para reconciliar a conservação da biodiversidade com o seu uso sustentável. Deste modo, as Reservas da Biosfera incentivam e promovem as atividades económicas que se desenvolvem em torno dos produtos autóctones das regiões; uma agricultura inovadora que proteja o ambiente; e um turismo em conformidade com a Natureza. E no que ao Turismo diz respeito este é, sem dúvida, um destino a ter em conta!

Para os amantes da Natureza e das atividades ao ar livre muito há para explorar no território abrangido pela Meseta Ibérica. Do lado Português destaca-se desde logo o Parque Natural de Montesinho, localizado na Terra Fria Transmontana. Parte significativa da fauna terrestre portuguesa encontra-se representada neste parque, com destaque para a presença do lobo ibérico e do veado. A águia-real e a cegonha-preta são apenas duas das cerca de 160 espécies de aves que sobrevoam os céus de Montesinho. Serras, vales, rios e planaltos ondulados definem uma paisagem marcada por soutos de castanheiros a perder de vista, ou não fosse esta região a principal produtora nacional de castanha.

Do lado Espanhol, Montesinho encontra-se com o Parque Natural Lago de Sanabria y Alredores, onde rios, lagoas, cascatas, serras e matas de carvalhos ajudam a definir uma paisagem onde a mil metros de altitude repousa o Lago de Sanabria, o maior lago de origem glaciar da Península Ibérica. Com cerca de três quilómetros de cumprimento, este lago rodeia-se de grandes picos, num ecossistema povoado por uma fauna e flora diversas, onde a lontra é o símbolo maior. Mesmo ao lado deste parque encontra-se o Espaço Natural Sierra de la Culebra, onde existe a maior população de lobos da Península Ibérica (e provavelmente da Europa), para além de veados, corços e javalis. Mas não se pense que ali só há bichos, pois esta é uma região que conserva tradições ancestrais, arquiteturas imutáveis e modos de vida tradicionais, que vale a pena conhecer.

Mais a sul, já em Portugal, podemos encontrar a Paisagem Protegida da Albufeira do Azibo, resultante de uma albufeira que nasceu da construção de uma barragem nos anos 70, e que deu origem a um ecossistema que atrai durante todo o ano diversas aves migratórias. Para além de ser uma zona muito procurada por ornitólogos, é também possível usufruir das praias fluviais da Fraga da Pegada e da Ribeira, bem como praticar alguns desportos náuticos como o remo e a canoagem.

No nordeste de Portugal, o rio Douro constitui-se uma fronteira natural entre o território nacional e a vizinha Espanha. Nas margens escarpadas que ladeiam o vale profundo por onde corre o rio Douro nasceram dois parques – do lado Português, o Parque Natural do Douro Internacional; do lado Espanhol, o Parque Natural de los Arribes del Duero.

De um lado e do outro, os bosques de zimbro, os sobreirais e as manchas de carvalhos marcam as margens deste rio ibérico, com formações de granito e xisto que dão origem a afloramentos rochosos de grande interesse geomorfológico e que se traduzem em desfiladeiros monumentais de uma beleza rara. Para além da magnífica paisagem, onde enormes penhascos quartzíticos pendem sobre as linhas de água formando miradouros naturais, esta região assume-se como um local de eleição para a nidificação de aves rupícolas, algumas delas ameaçadas de extinção, como a Águia de Bonelli ou o Abutre do Egito.

Há muitas formas de explorar a Reserva da Biosfera Transfronteiriça Meseta Ibérica, nomeadamente a pé ou de bicicleta seguindo trilhos e rotas pré-definidas que possibilitam um contacto direto com a Natureza. O melhor mesmo é começar a preparar a sua viagem!

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.