Puebla de Sanabria, Espanha | Agosto de 2017

O destino não era exótico ou um sonho antigo, mas eram as primeiras férias depois de entrar no mercado laboral e por isso tiveram um sabor a liberdade diferente das outras. A primeira paragem de um dia que haveria de terminar em Salamanca, foi Sanabria e foi de encantar. O lago de Sanabria fica a cerca de uma hora de Bragança, então não é surpreendente que se ouvisse falar português, o que surpreendeu foi a paisagem do maior lago glaciar da Europa e a calmaria que se vive no local.

Depois da manhã tranquila, saímos para almoçar na vila, Puebla de Sanabria, que parecia saída de um conto de fadas, com as janelas repletas de flores, o ar rústico e, claro, um castelo. Sanabria é um daqueles lugares para desfrutar sem pressas e sem roteiro definido. Um dos locais para visitar quando tudo isto passar.

Porto Santo, Portugal | Maio de 2018

Porto Santo tornou-se o meu lugar favorito em Portugal desde o primeiro dia, desde o momento em que olhei pela janela e me perdi na imensidão de azul e na calmaria de uma ilha pequena mas cheia de encantos. Dizem que há tesouros enterrados na ilha, mas o maior de todos está bem à vista: são as pessoas, encantadoras na sua simplicidade, que nos acolhem e nos fazem sentir em casa.

No Porto Santo, o verão começa mais cedo e termina mais tarde, a poncha é melhor, as noites são mais quentes, as pessoas são divertidas, o bolo de caco tem um sabor especial e as paisagens cortam-nos a respiração vezes sem conta. Sim, as praias são mágicas - e as areias até curam - mas Porto Santo é muito, muito mais.

Descubra 27 motivos para visitar Porto Santo.

Mdina, Malta | Setembro de 2018

Na bagagem para esta viagem não levava expectativas e tudo foi uma descoberta. O melhor da viagem foi descobrir um país conservador em plena transformação. Numa visita a Gozo, às 8h da manhã encontramos igrejas cheias, já que os habitantes vão à missa antes de começarem a trabalhar. O aborto é ilegal e um assunto tabu, o divórcio apenas foi legalizado em 2011 e a nossa guia explicou-nos como era fervorosamente contra. Tudo isto faz com que seja surpreendente que Malta seja um dos principais líderes dos direitos LGBT (tanto casamento como adoção por casais homossexuais são permitidos).

Mdina: Uma viagem no tempo na imperdível 'Cidade Silenciosa'
Mdina: Uma viagem no tempo na imperdível 'Cidade Silenciosa'
Ver artigo

Em relação aos lugares visitados, Mdina conquistou-me pela simplicidade. Conhecida como cidade silenciosa foi cenário de Game of Thrones e, apesar de nunca ter visto a série, foi fácil perceber porquê. Mdina parece parada no tempo e o que mais surpreende é não ver as senhoras a arrastar vestidos esvoaçantes e os cavalheiros a tirar os chapéus para as cumprimentar. Mdina combina com carruagens puxadas a cavalos. Os carros dos visitantes ficam do lado de fora da muralha e, na cidade, mesmo com turistas, reina a calma e os ponteiros do relógio parecem andar mais devagar.

Veja o roteiro de 4 dias em Malta.

Serra de Montemuro, Portugal | Janeiro de 2019

Vale do Cabrum: A ilustre inspiração de Eça é o segredo mais bonito da "mais desconhecida serra de Portugal"
Vale do Cabrum: A ilustre inspiração de Eça é o segredo mais bonito da "mais desconhecida serra de Portugal"
Ver artigo

A Serra Montemuro é, segundo o geógrafo Amorim Girão,"a mais desconhecida serra de Portugal", e isso provavelmente explica porque só a visitamos no ano passado. Num dia frio e ventoso foi uma aventura divertida e enriquecedora percorrer as estradas que serpenteiam por entre campos e montes pontilhados por vários monumentos. Um deles é a Casa da Torre da Lagariça, em São Cipriano. Ou, nas palavras de Eça de Queirós, A Ilustre Casa de Ramires. A casa surge imponente na paisagem, mas já aparenta as marcas do tempo e do abandono. Para quem conhece a obra de Eça, ver a casa a poucos metros de distância é um momento único e inesquecível, apesar da angustia de a ver abandonada.

Esta viagem não estaria completa sem uma passagem pela "Princesa da Serra": a Gralheira. A aldeia estava silenciosa como sempre. Entramos no café Toca dos Carvalhos e bebemos um "Chá de Caçador" delicioso, que de chá tinha muito pouco (e teor alcoólico tinha algum), enquanto desfrutávamos de uma vista incrível para a serra. Enquanto isso, concluíamos que, às vezes, as melhores coisas do mundo podem ser encontradas nos locais mais escondidos.

Vamos criar o álbum de viagens mais belo do mundo?

Lançamos um novo desafio aos nossos utilizadores: queremos conhecer as vossas melhores memórias de viagens.

Enviem por e-mail - sapo.viagens@sapo.pt - uma fotografia, com uma breve descrição a acompanhar, da melhor viagem que fizeram. Aquela que vos marcou de uma forma única e que vos vem sempre à cabeça quando alguém pergunta: qual foi a melhor viagem que já fizeram? Não se esqueçam de referir: lugar e data (mês e ano) da viagem.

ou

Partilhem a fotografia, com a devida descrição, via Instagram, usando a hashtag #albumsapo. Podem também continuar a usar a nossa tag habitual #sapoviagens.

Como já fizemos com o desafio Da minha janela, vamos destacar as melhores imagens através de galerias de fotos e os melhores relatos vão ser destacados em artigos como este.

Vamos a isso? Contamos com a vossa colaboração.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.