1. Como/quando começou o “bichinho” das viagens?

Desde a infância que via em filmes, séries, etc. outras cidades, outros locais, e ficava completamente encantada com a possibilidade de um dia poder visitar.

Foi durante a adolescência que comecei a sonhar em visitar todos os países do mundo. Não sei se conseguirei, mas pelo menos, gostava de visitar o máximo de países que eu puder. Adorava!

Viajar é das coisas que mais feliz me faz. Conhecer novas culturas, partir em aventura e voltar sempre de coração cheio e mais “rica”. E o facto de poder inspirar e encorajar outras pessoas a fazê-lo também, deixa-me bastante feliz.

2. Além de viajar, gosta muito de…

A minha segunda grande paixão é a dança, sobretudo ritmos latinos.

Quando marquei viagem para Cuba, inscrevi-me em aulas de salsa. Na altura, sem experiência nenhuma, pensava que “apenas” umas aulas seriam suficientes. Na realidade, é preciso muito treino para conseguir apenas acompanhar o ritmo. Tornou-se num hobbie que adoro.

Também gosto muito de gastronomia. Tanto a nacional, como tenho sempre bastante curiosidade em aprender um pouco sobre a gastronomia típica dos países que visito.

A nossa Viajante do Mês não para e defende que

3. Quantos países já visitou?

Já visitei 59 países. Mas mais importante do que um número, são as vivências, as histórias, os sentimentos que ficarão para sempre na minha memória, e que farão parte da minha história para todo o sempre.

Algumas das viagens que tenho feito são repetidas, e há alguns países que me apaixonei tanto que pretendo voltar brevemente.

4. Viagens mais marcantes e porquê?

De alguma forma todas as viagens que fiz me marcaram, e ficarão tatuadas na minha alma para sempre.

Mas talvez, as três viagens mais marcantes tenham sido as Filipinas, a Malásia e o Panamá.

As Filipinas são um verdadeiro paraíso na terra. Muitos locais lá ainda longe do turismo massificado. É tão bonito ver como a natureza foi tão perfeita, dava por mim a acordar todos os dias e olhar para fora da minha vila e pensar “uau, como isto é bonito”.

Na Malásia, a água do mar é surreal e bonita, quente, tranquila. O povo é acolhedor, é um país com imensa cultura. Um país que vale a pena ser visitado com tempo, pois é grande e tem bastantes locais encantadores.

Panamá foi uma agradável surpresa por vários motivos. Gostei bastante da Cidade do Panamá. E estive uma semana em San Blás, no território dos Kuna Yala. Lá os alojamentos são desprovidos de luxos, pequenas cabanas onde não há luz elétrica durante a noite, os banhos são com água doce misturada com água do mar, não há ar condicionado, etc… Sempre imaginei como iria ser a experiência. No entanto, apesar de tudo ser muito simples, o povo é tão puro, tão genuíno, é um prazer enorme ter vivido uma semana com aquela comunidade, que me recebeu tão bem.

5. Destino que quer regressar e porquê?

Quero regressar à Tailândia e explorar melhor e por mais tempo, Marrocos, Moçambique, USA, Brasil, Filipinas, etc. Porque da primeira vez que visitei, não consegui visitar todos os locais que gostaria, devido a outros compromissos profissionais.

6. Próximos destinos e expectativas.

Em agosto, se tudo correr bem, vou fazer a viagem da minha vida que, infelizmente, por causa da pandemia, tive de adiar inúmeras vezes. Preparem-se que vêm muitas surpresas. A minha expectativa está bem alta.

Espero muito conseguir fazer esta viagem, e poder mostrar a quem me acompanha os lugares especiais e incríveis que existem. E ajudar no que precisarem para realizarem os sonhos de algumas viagens em particular, por exemplo.

Ines pires

7. Dica de viagem mais valiosa que pode dar

Vivam intensamente e não deixem para amanhã (próximas férias) na esperança que seja mais conveniente viajar.

Cada vez mais, com tantas adversidades que têm surgido infelizmente de há dois anos para cá, temos de aproveitar e viver o momento. Porque, para nós, há sempre aquele pensamento “será que não é o melhor momento agora?”. É! Claro que é! Se não houver possibilidade para se viajar para um destino tão distante, e por tanto tempo, vamos para um destino mais próximo e nem que sejam apenas uns dias. Mas sair da rotina, ver novas culturas, vai ser incrível.

8. Lugar preferido em Portugal

Portugal é um país lindíssimo com imensos locais maravilhosos. Lisboa sempre estará no meu coração. Mas adoro o Porto também, apesar que nunca vivi lá.

Acho o Gerês surreal, é muito bonito.

Sintra é uma cidade mágica, transmite uma energia incrível.

O Alentejo e a sua tranquilidade, acho maravilhoso para se descansar e passear.

Ines pires

Siga as viagens de Inês Pires aqui

Se querem fazer parte da comunidade SAPO Viagens no Instagram, partilhem as vossas fotos com a hashtag #sapoviagens.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.