São sete percursos performativos, preparados por um guia, Pedro Faria Bravo, e uma atriz, Rita Sales, e tem o encanto de histórias recolhidas nestes locais no âmbito do projeto Boca a Boca.

Caminhos Contados
Caminhos Contados

Ouvem e partilham histórias, lendas, contos que agora somos também convidados a descobrir. “São caminhos antigos. Outros percursos são em montes e aldeias pouco habitadas. É um convite a pessoas de fora e também aos habitantes destes locais para verem as suas histórias nos locais que teriam acontecido. Talvez, até ouvir os próprios habitantes a narrarem essas histórias como já aconteceu em percursos anteriores.”

Caminhos Contados
créditos: andarilho.pt

No 1º de Maio, domingo, o percurso é ao Azinhal, próximo do Parque Natural do Guadiana e de um dos caminhos de acesso ao Pulo do Lobo. Este Caminho Contado ao Azinhal tem uma particularidade.

Caminhos Contados
créditos: Caminhos Contados

“Coincide com os Maios. Nesta altura as pessoas faziam piqueniques junto à ribeira ou debaixo de uma azinheira grande que existe neste percurso. É uma árvore centenária, classificada como Árvore Monumental e reconhecida como uma das mais bonitas em Portugal. É aqui que vamos terminar, num convívio e num piquenique à moda antiga.”

Caminhos Contados
créditos: Caminhos Contados

A caminhada e a descoberta é permanente, não é apenas o ponto de chegada. É todo o percurso. “Os caminhos contados têm uma média de quatro a seis quilómetros. São caminhos para serem saboreados com vagar. Caminhamos, contamos histórias, interagimos, falamos sobre os lugares e escutamos em silencio a natureza, o som que nos envolve.”

Caminhos Contados
Rita Sales créditos: andarilho.pt

O propósito é juntar dois olhares complementares. O de uma contadora de histórias e o de um guia que conhece muito bem o território há alguns anos, conhece os caminhos percorridos por pastores, moirais, pessoas do campo. A componente performativa vem de um olhar para as histórias e de uma vontade de fazer o seu reconto, com outro corpo, gestos das originais.”

Caminhos Contados
créditos: Caminhos Contados

É gratuita a inscrição ( aqui ou no e-mail: debocaemboca.mertola@gmail.com ) nos Caminhos Contados e este ano vai haver mais três percursos. Para além do Azinhal, dentro de duas semanas é a Corte do Pinto e em Junho a Mesquita e Picoitos. Todos no concelho de Mértola.

Caminhos Contados
créditos: Caminhos Contados

Descobrir o Azinhal e outros Caminhos Contados no concelho de Mértola faz parte do programa da Antena1 Vou Ali e Já Venho e a emissão deste episódio pode ouvir aqui.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.