O arquipélago das Seychelles, na costa da África Oriental, no Oceano Índico, anunciou que não permitirá navios de cruzeiro  até 2022. Didier Dogley, Ministro do Turismo, Aviação Civil, Portos e Marinha do país, afirmou que a proibição continuará até ao fim de 2021, segundo informou a agência de notícias Seychelles Nation.

Embora não seja um dos principais destinos para esse tipo de viagem, o arquipélago, formado por 115 ilhas, esperava receber 50 navios de cruzeiros nesta temporada. Desde 2016, aproximadamente 30 mil pessoas entraram no país a partir de cruzeiros, de modo que a medida terá efeitos na economia local.

A decisão foi tomada para reduzir o risco de uma segunda vaga de infecções por Covid-19. No momento, o país regista 11 casos de infeção e nenhuma morte.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.