Com sete edições já realizadas, o Prémio José Manuel Alves / Concurso de Empreendedorismo Turístico é o prémio de empreendedorismo turístico mais antigo do país, tendo recebido um total de 342 candidaturas, distinguido 56 projetos e premiado 20, lê-se em comunicado.

O concurso tem como missão distinguir e apoiar projetos inovadores no setor do Turismo com implementação na região Centro de Portugal. Ao vencedor é atribuído o Prémio José Manuel Alves, em homenagem ao percurso do ex-presidente da Região de Turismo do Centro, que esteve na génese da criação do gabinete de apoio ao investimento turístico, na região Centro de Portugal.

Este ano, o júri final, composto por Guilherme Fonseca (Portugal Ventures), Miguel Mendes (Turismo de Portugal) e Adriana Costa (UA Incubator), distinguiu os seguintes projetos:

Projeto vencedor: Taste Food Experience. Aplicação gastronómica, desenvolvida pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG), que pretende contribuir para a estruturação e divulgação do turismo gastronómico no território das Beiras e Serra da Estrela.

Aplicação gastronómica vence prémio do Turismo Centro de Portugal
Aplicação gastronómica vence prémio do Turismo Centro de Portugal
Ver artigo

Segundo classificado: Pateira Glamping & Eco-resort. Projeto de alojamento focado na sustentabilidade e na consciencialização ecológica, idealizado para a Pateira de Espinhel, em Águeda, que engloba oito domes geodésicos de madeira e cortiça (corkdomes), uma piscina biológica e outros atrativos e atividades orientados para o wellness & spa.

Terceiro classificado: Fake Museum – A Real Museum about Fake Things. O Fake Museum é um projeto idealizado para Coimbra, que ambiciona ser um museu agregador de conhecimento e de identificação do que é falso. Um museu atrativo, dinâmico e atual, que não se limita à contextualização histórica, mas a uma abordagem circunstanciada e dinâmica das diversas vertentes do que é falso.

Concurso de Teses Académicas

O Concurso de Teses Académicas – de mestrado e de doutoramento – tem o objetivo de valorizar o conhecimento gerado no seio da comunidade científica sobre a atividade turística e de o aproximar das empresas do setor do Turismo e de todos os interessados em desenvolver projetos de empreendedorismo turístico.

Este ano, a sexta edição do concurso recebeu 25 candidaturas nas suas duas vertentes. O júri final, composto por Cristina Barroco (Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu), Dulcineia Moura (Territórios do Côa) e José Coutinho (Leader Oeste), distinguiu as seguintes teses:

Tese vencedora na categoria de Mestrado:
“Estratégia Territorial – proposta de uma Rede de Aldeias turísticas sustentáveis no concelho de Santa Comba Dão”, de Rui Guilherme de Oliveira Ferraz.

Tese vencedora na categoria de Doutoramento: “Árvores Monumentais de Portugal: da compreensão pública a uma literacia científica”, de Ana Raquel Fernandes Pires Lopes.

Os prémios do Concurso de Empreendedorismo Turístico e do Concurso de Teses Académicas serão entregues no 8.º Fórum de Turismo Interno “Vê Portugal”, que se realiza de 6 a 9 de junho, em Tomar.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.