O agente da polícia do estado de Massachusetts (EUA), Christian Paluk, viajava no avião da companhia aérea portuguesa, acompanhado pela família, quando uma turista alemã se sentiu mal. A tripulação terá perguntado se havia algum médico a bordo: "Não havia. Mas provando que um agente nunca está de folga, Paluk identificou-se", contou a Massachusetts State Police, numa publicação no Facebook.

O polícia norte-americano foi ter com as hospedeiras de bordo e percebeu que a turista alemã, de 43 anos, estava a ter convulsões. Christian, então, usou o kit médico a bordo e “estabilizou a vítima”, que foi levada para o hospital assim que o avião aterrou em Portugal.

A história foi partilhada pela instituição policial que, apesar de saber que o agente iria ficar "envergonhado com a publicidade",  considerou que a atitude merecia distinção publica.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.