Entre 1 de junho de 2021 e 30 de setembro de 2021, o governo grego tornará possível visitar um dos mais interessantes naufrágios de todos os tempos. A sua descoberta permitiu aos historiadores confirmar as origens da construção naval na Antiguidade e demonstrar, que os gregos eram mais avançados do que os romanos em termos de navios.

O naufrágio, que se encontra a uma profundidade de 21 a 28 metros, contém entre 3.000 e 4.000 ânforas, algumas delas ainda em muito bom estado, o que surpreendeu os especialistas desde a descoberta perto da ilha de Peristera, nos anos 80. Acredita-se que o grande navio mercante tenha afundado devido ao mau tempo por volta de 425 aC, carregando milhares de ânforas de vinho de Calcídica no norte da Grécia e da ilha de Escópelos.

Localizado no Parque Nacional Marinho de Alonissos , no Mar Egeu, o museu faz parte da maior área marinha protegida da Europa. Devido a problemas de pilhagem, as antiguidades submarinas estavam anteriormente acessíveis apenas a arqueólogos e aqueles com permissão especial. Agora, os mergulhadores recreativos podem mergulhar nas águas e, a uma profundidade de cerca de 25 metros, encontrar o chamado Peristera, em homenagem à ilhota desabitada vizinha.

“A abertura de Peristera é extremamente importante para o Ministério da Cultura e dos Desportos grego. Em primeiro lugar porque nos permite gerir monumentos subaquáticos, bem como monumentos terrestres, sensibilizar o público e criar melhores condições para a protecção do património cultural subaquático”, afirma Pari Kalamara, diretora do Eforato de Antiguidades Subaquáticas da Grécia, ao Traveller.es.

Este ano, o naufrágio do Peristera estará aberto ao público de 1 de junho a 30 de setembro. Ressalte-se que o Ministério da Cultura e dos Desportos não disponibilizará bilhetes, por se tratar de uma operação piloto. Os interessados ​​em visitar o naufrágio deverão agendar a visita através do Centro de Mergulho, que por sua vez se encarregará de coordenar a data e reserva do horário do mergulho.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.