"A ideia surgiu numa altura em que somos bombardeados com informações sobre esta nova doença diariamente. É difícil deixar de pensar no assunto. Onde quer que estejamos, somos constantemente confrontados com os números de infetados e vítimas, dados estes atualizados quase ao minuto", conta ao SAPO Viagens o diretor de arte da agência Wunderman Thompson Lisboa.

Como forma de ajudar a comunicar a situação pela qual estamos a passar, André Alberto associou a imagem das bandeiras de cada país a gráficos que pudessem representar os números da pandemia de Covid-19.

"Depois de ler mais uma notícia sobre a rápida evolução de infetados nos Estados Unidos, reparei na imagem de uma bandeira que vinha associada a essa mesma notícia. Sendo esta pandemia um mal global, estamos constantemente a comparar dados entre países. É inevitável. Dei por mim a analisar as bandeiras de vários países e rapidamente percebi que, na sua grande maioria, são compostas por barras, tal como um gráfico", explica.

"Pareceu-me uma associação lógica e uma boa forma para adaptar os números em algo percetível e de fácil interpretação. Demonstrar a forma como esses números transformam um país, transformando o símbolo que todos reconhecem e identificam, a sua bandeira nacional. Estes números não são apenas números. Representam pessoas e são essas pessoas que fazem um país. Foi isso que tentei representar", completa o designer.

Assim, surgiu este projeto visual que visa também alertar para que as pessoas fiquem em casa, contribuindo para travar o contágio do coronavírus.

Neste momento, existem três bandeiras: Portugal, Espanha e EUA - que podem ser vistas com mais detalhe aqui.

André pretende adaptar a ideia a outras bandeiras ao longo dos próximos tempos. Desenvolver uma plataforma ligada a uma base de dados que possa criar novas bandeiras também faz parte dos planos para este projeto.

Bandeira dos EUA
créditos: André Alberto
Bandeira da Espanha
créditos: André Alberto
Bandeira de Portugal
créditos: André Alberto

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.