Foto: Portinho da Arrábida @F nando/CC BY-SA 3.0

O AWF - Arrábida Walking Festival acontece entre os dias 25 e 27 de março, numa organização conjunta da Biotrails e das Câmaras Municipais de Palmela, Setúbal e Sesimbra, e conta já com cerca de 350 participantes inscritos.

O Vereador com o pelouro do Turismo do Município de Palmela, Luís Miguel Calha, considera que a realização deste festival de caminhadas «constitui um marco essencial na promoção do destino turístico Palmela e do Parque Natural da Arrábida».

«Incentivar e apoiar o turismo de natureza é contribuir para o fortalecimento da ecologia e para a concretização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, reaproximando os seres humanos do Planeta, estimulando o respeito para com todas as formas de vida e promovendo o progresso das comunidades locais», realça o Vereador.

Luís Miguel Calha sublinha que o AWF é «um evento muito bem estruturado, que responde de forma clara ao que é a estratégia de desenvolvimento turístico desta região», lembrando que estes três Municípios, no âmbito da marca Território Arrábida, têm vindo a desenvolver «um conjunto alargado de projetos, fazendo da Arrábida um elemento de atratividade da região».

Parta à descoberta da flora da Arrábida

A 2.ª edição do primeiro evento dedicado à descoberta do Parque Natural da Arrábida através das caminhadas tem como tema “No Trilho da Flora”.

A par do programa central de passeios pedestres, que mantém a Grande Rota Arqueológica, esta edição inclui um conjunto de caminhadas à descoberta da riqueza singular da flora da Arrábida acompanhadas por especialistas, com destaque para a colaboração da Sociedade Portuguesa de Botânica.

O objetivo é identificar diferentes plantas em cada trilho e proporcionar uma visão global das especificidades da flora desta área protegida, composta por cerca de 1.450 espécies, que correspondem a aproximadamente 40% da diversidade natural existente em Portugal.

Destaque para uma caminhada acessível a pessoas com deficiência visual. Neste percurso pedestre sensorial pela natureza, com a oportunidade de conhecer alguma da flora mediterrânica, serão explorados os sentidos como ferramentas de identificação.

O AWF propõe também uma aula de botânica em movimento, na qual as/os participantes vão ter a oportunidade de conhecer algumas plantas medicinais e comestíveis, os seus usos e propriedades e fazer uma prova de infusões.

O evento conta ainda com um programa complementar de atividades, nomeadamente, percursos temáticos, workshops gastronómicos e de fotografia e visitas guiadas.

Consulte o programa completo no site www.biotrails.pt/awf, através do qual poderá efetuar as inscrições e a aquisição de bilhetes ou passe para o AWF.

O Passe Festival permite participar em várias caminhadas e o Bilhete Simples apenas numa caminhada. Para participar nas atividades complementares, deverá ser titular de bilhete.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.