"Os nossos agentes são super-heróis da vida real, ajudando a manter os passageiros seguros durante a viagem", observou a TSA numa publicação no Twitter, na qual apresentou um vídeo onde é feita a descrição de cada item, juntamente com o local onde foi apreendido.

Entre as 10 principais coisas confiscadas dos viajantes, os agentes da TSA destacam umas fisgas (#10) e um livro com facas escondidas (#9), bem como alguns itens proibidos, como fogo de artifício (#8 ) e uma granada de fumo (#7).

Um tubarão bebé morto também foi encontrado num conservante químico considerado muito perigoso para viagens aéreas (#6). Em 2020, a equipa da TSA também foi forçada a desmontar o que parecia ser uma bomba, apenas para descobrir que era um "humidificador caseiro para charutos de um viajante" (#5).

De acordo com o TSA, algumas das principais apreensões de 2020 incluíram: marijuana escondida num frasco de shampoo (#4); uma arma escondida no forro de uma mala (#3) e um dispositivo eletrónico suspeito que poderia explodir (#2).

No que diz respeito ao primeiro lugar desta lista, a TSA faz uma brincadeira com a palavra "catch" e diz que o melhor de 2020 foram dois funcionários do Aeroporto Internacional de Newark que, no fundo, se "apanharam" um ao outro e se casaram em junho.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.