"Ega ia largar atarantadamente o embrulho, para apertar a mão que Maria Eduarda lhe estendia, corada e sorrindo. Mas o papel pardo, mal atado, desfez-se; e uma provisão fresca de queijadas de Sintra rolou, esmagando-se, sobre as flores do tapete" - Os Maias, Eça de Queiroz

A origem e a história das deliciosas Queijadas de Sintra, imortalizadas no romance "Os Maias" de Eça de Queiroz, perdem-se no tempo, mas pensa-se que estas pequenas tartes feitas a partir de queijo fresco, açúcar, ovos, farinha e um pouco de canela e depois envolvidas numa massa crocante e estaladiça já eram produzidas na região durante a Idade Média.

As excelentes pastagens de Sintra permitiam o fabrico de queijo fresco e era comum o excesso de queijo ser usado para confecionar estes doces, que depois podiam servir aos camponeses como forma de pagamento.

Partilho aqui a receita para quem quiser experimentar em casa.

INGREDIENTES (para 12 queijadas)

Para a massa:

250 g de farinha
1 colher (de sopa) de manteiga derretida
água morna
sal (a gosto)

Para o recheio:

400 g de queijo fresco sem sal
350 g de açúcar
4 gemas de ovo
60 g de farinha
1 colher (de café) de canela em pó

PREPARAÇÃO

Numa tigela deite a farinha e no meio abra uma cova e junte a manteiga derretida. Misture tudo muito bem. Aos poucos adicione a água morna, temperada com sal e vá amassando até a massa deixar de pegar e ter uma consistência homogénea. Amasse mais um pouco e depois deixe a massa descansar coberta por um pano húmido, idealmente por uma noite.

No dia seguinte prepare o recheio.

Reduza o queijo a puré, junte o açúcar, as gemas, a farinha e a canela. Misture tudo muito bem.

Numa superfície enfarinhada, estenda a massa muito fina com a ajuda de um rolo de cozinha. Corte depois a massa em círculos com cerca de 9 cm de diâmetro.

Com uma faca dê quatro golpes pequenos nas bordas de cada circulo de massa (para ajudar a ganhar a forma da queijada) e com estes círculos forre 12 formas pequenas.

Despeje o preparado de queijo em cada uma das formas e leve a cozer em forno muito quente (210º) durante cerca de 15 minutos, ou até ficarem douradas.

Retire do forno, desenforme com cuidado e sirva as queijadas acompanhadas com uma chávena de chá.

Sigam as minhas aventuras mais recentes no Instagram e no Facebook 

Artigo originalmente publicado no blogue The Travellight World

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.