O site Voyages-sncf.com, canal de distribuição oficial europeu dos caminhos-de-ferro franceses (SNCF) para a venda online de viagens ferroviárias de alta velocidade e convencionais através da França e da Europa, juntamente com o instituto de sondagens Atomik Research entrevistou 7 mil pessoas de sete nacionalidades diferentes (Espanha, Holanda, Inglaterra, Alemanha, Bélgica, Suíça e Itália) sobre os seus hábitos de viagem em comboio.

Na maioria dos casos, os entrevistados compartilharam a mesma opinião sobre os seus gostos, preferências e férias, independentemente da sua nacionalidade. Cinquenta e oito por cento concordam que férias são para relaxar. O preço continua a ser um fator determinante na escolha do destino, e 28% reservam as suas férias com 3 a 4 meses de antecedência para economizar dinheiro.

Vejamos agora alguns dos resultados da pesquisa:

- 26% dos ingleses considera que o mais stressante numa viagem é a própria viagem em si.

- Um quarto dos alemães considera muito irritante as pessoas que falam alto ao telemóvel durante a viagem de comboio.

- 42% dos espanhóis considera que fazer as malas é o mais stressante da viagem.

- 18% dos italianos partilha o seu almoço durante as férias para economizar.

- 1 holandês em 8 já vestiu roupa sobreposta para evitar o excesso de peso na bagagem.

- Os suíços confiam mais na opinião dos amigos do que na família por receio de receberem críticas quanto à viagem que pretendem fazer.

E o que temos em comum?
De acordo com a sondagem, somos distraídos! Seis em cada sete nacionalidades admitiram que falharem uma paragem de comboio é a situação mais embaraçosa durante a viagem.

Um quarto dos viajantes europeus considera que a verdadeira vantagem de viajar de comboio é a de poderem apreciar a paisagem através da janela.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.