Eleita várias vezes como o "Melhor Destino Insular do Mundo" pelos World Travel Awards, a Madeira está a fazer jus ao título e continua de portas abertas aos visitantes. No entanto, existem uma série de regras que deve cumprir, caso esteja a planear uma viagem para este arquipélago único em Portugal.

- Antes da viagem

Teste de COVID-19 sem custos

Todos os passageiros, sejam cidadãos portugueses ou estrangeiros, com viagens programadas para a Madeira podem realizar testes PCR (Polimerase Chain Reaction) à COVID-19, sem custos, em várias cidades do país. Atualmente, são 30 os postos de colheitas de amostras para realização do teste. Veja aqui.

Inquérito epidemiológico

Todos os passageiros deverão proceder ao preenchimento obrigatório do inquérito epidemiológico, disponibilizado pela Autoridade Regional de Saúde, na plataforma digital madeirasafe.com.

O preenchimento poderá ser feito nas 48h a 12h prévias ao embarque e deverá ser efetuado, individualmente, por cada passageiro, exceto dependentes até 12 anos de idade, cujo registo deverá ser incluído no inquérito de um dos adultos que o acompanham. Concluído o registo, o passageiro recebe uma notificação, via e-mail, com o seu código de acesso e respetivo QR Code, para ser apresentado à sua chegada ao Aeroporto da Madeira. O resultado do teste PCR pode, também, ser submetido, antecipadamente, na plataforma.

- Ao chegar à Madeira

Triagem Térmica

Além de apresentar o inquérito epidemiológico, todos os passageiros desembarcados nos aeroportos da Região Autónoma da Madeira, sem exceção, estão sujeitos a triagem térmica.

Apresentar o teste de COVID-19

Todos os passageiros que, ao desembarcar, sejam portadores de teste PCR negativo à COVID-19, efetuado nas 72h prévias ao embarque, em laboratórios certificados pelas autoridades nacionais ou internacionais, podem seguir para o seu destino.

Por seu lado, os passageiros que não tenham realizado teste PCR na origem, fá-lo-ão à chegada ao aeroporto, seguindo depois para o seu destino, onde devem aguardar, em confinamento, pela obtenção do resultado, durante um período estimado de 12h.

Em casos excecionais de recusa de realização do teste à chegada, os passageiros poderão optar por 1) cumprir isolamento voluntário, pelo período de 14 dias, no seu domicílio ou no estabelecimento hoteleiro onde se encontre hospedado, sendo que, se a hospedagem for inferior a 14 dias, o confinamento terá a duração do período da hospedagem; ou 2) regressar ao destino de origem ou a qualquer outro destino fora do território da Região Autónoma da Madeira, cumprindo, até à hora do voo, isolamento no domicílio ou no estabelecimento hoteleiro em que se encontre hospedado. Nestes casos, os custos de hospedagem serão imputados ao viajante.

Crianças

Ficam isentas de submissão a teste na infância e pré-adolescência, exceto:

  • Crianças a partir dos 12 anos, sob parecer prévio das Autoridades de Saúde;
  • Crianças com critérios de suspeita de doença COVID 19;
  • Crianças cujos familiares ou acompanhantes sejam casos suspeitos;
  • Outras situações validadas pelas Autoridades de Saúde

- Durante a viagem

Monitorização

Todos os passageiros serão monitorizados através da app Madeira Safe To Discover, da Autoridade Regional de Saúde, de utilização voluntária, mas recomendada, ou através de contacto telefónico. Importa referir que a circulação entre as ilhas da Madeira e do Porto Santo encontra-se dispensada de qualquer controlo do estado de saúde dos respetivos viajantes.

Resultado Positivo

Caso o passageiro acuse positivo ao teste PCR, deverá cumprir confinamento obrigatório, se necessário compulsivamente, pelo período de 14 dias, em estabelecimento de saúde, no respetivo domicílio ou em estabelecimento hoteleiro, mediante decisão das autoridades de saúde competentes.

Regras de segurança sanitária

  • Uso de máscara, em especial, em espaços fechados e transportes públicos (obrigatório);
  • Distanciamento social (2 metros entre as pessoas e evitar aglomerados);
  • Higienização frequente das mãos;
  • Etiqueta respiratória.

Fonte: Descubra a Madeira

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.