Saiba quais os alimentos e tipos de refeição que podem não ser as melhores opções em termos de qualidade num aeroporto, de acordo com uma lista elaborada pela revista Travel & Leisure.

Evite:

Produtos frescos e saladas

Frutas e vegetais crus podem não ser a melhor opção, já que os produtos crus mais facilmente transportam bactérias. Na verdade, não sabemos se foram bem lavados e como foram transportados para os terminais dos aeroportos. Também há a questão de há quanto tempo estes produtos estão ali para serem consumidos. Ou seja, podem não ser do dia.

Carne mal passada (ou crua, tipo tártaros)

Opte sempre por bifes que não estão demasiado cor de rosa no seu interior. Pode pedir um bife médio, mas evite a carne completamente crua no interior. Os hambúrgueres podem ser uma boa opção, e escolha sempre as cadeias de restaurante que já conhece e confia. Carne de porco e frango devem estar sempre completamente cozidos.

Comidas que já estão expostas há algum tempo (tipo buffets)

Geralmente, a comida de buffet é mais barata. Mas é feita em grandes quantidades e fica exposta durante horas a fio. A comida acaba por ficar "seca" e sem graça.

Comer a bordo do avião

Se não for um voo longo, pode sempre fazer uma sandes ou trazer pequenos salgados de casa. Além de que a comida a bordo é sempre muito mais cara.

Prefira:

Comida simples, como ovos e batatas fritas

O aeroporto não é claramente o melhor local para experimentar coisas novas ou demasiado complexas. As cozinhas dos aeroportos, geralmente, são partilhadas por várias cadeias de restaurantes. Uma refeição composta de ovos, batatas fritas (que saem diretamente da frigideira para o prato) e uma tábua de queijos, podem ser boas opções para uma refeição reconfortante.

Cadeias de restaurantes conhecidas

Este tipo de restaurantes têm uma imagem a manter e trabalham no sentido de assegurar um certo padrão de qualidade, mesmo em aeroportos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.