Trata-se da terceira edição de uma iniciativa que transforma Torre de Moncorvo numa vila florida. Este ano, “uma das novidades foi a colocação de flores em renda nas árvores e bancos da Praça Francisco Meireles, nas escadas do castelo e varanda do edifício da Câmara Municipal", indicou a autarquia.

Constantino José Marques de Sampaio, o homenageado no mês das flores, foi apelidado pela realeza europeia do século XIX como "rei dos floristas" e tem mesmo uma rua pedonal com o seu nome na vila de Torre de Moncorvo, no distrito de Bragança.

O seu nome ficou ainda registado em Lisboa na denominação dada a um jardim público, o Jardim Constantino, na Estefânia.

Em Paris, há igualmente uma rua como o nome do especialista em flores artificiais, tornado assim o mestre trasmontano num nome à escala europeia.

O artista imitava como ninguém as flores naturais, tendo-se consagrado em Paris na exposição de 1844, "já que ninguém conseguia distinguir as flores fabricadas pelo artista das flores naturais".

Em Portugal, Constantino foi recebido no Paço pela Rainha D. Maria II, a quem ofereceu algumas das suas flores.

Para além da Corte portuguesa, Constantino passou por outras, como a francesa ou a russa, para onde forneceu 'bouquets', tiaras ou ramos para engalanar as cabeças da realeza europeia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.