Esta embarcação fluvial foi concebida para executar cruzeiros turísticos no rio Chobe (um afluente do Zambeze), percorrendo rotas traçadas através do Chobe National Park, uma importante reserva natural que abrange territórios da Namíbia e do Zimbabué.

Construída em 2009, o barco do tipo catamarã está vocacionado para o turismo dito de aventura e para proporcionar a observação da fauna selvagem daquela região protegida de África, que tem a maior população de elefantes do mundo e que conta com inúmeras outras espécies de animais selvagens, tais como os felinos, búfalos, girafas, hipopótamos, crocodilos e outros.

Com 46 metros de comprimento por 7,80 metros de boca, este hotel flutuante oferece o conforto de uma unidade de 5 estrelas a 28 passageiros, que ocupam 14 espaçosas cabines, todas elas com varanda para o exterior.

O Zambezi Queen (que funciona com uma equipa de 25 membros) tem um restaurante, que oferece pratos da cozinha local e internacional, bar, lojas de ‘souvenirs’, sala de estar, biblioteca, piscina e até um pequeno telescópio, que permite a observação do céu nocturno.

O Zambezi Queen foi realizado para respeitar o ambiente, já que usa um sistema de propulsão de jato de água (em vez das tradicionais hélices), de modo a minimizar danos ao leito do rio onde opera. Está, também, equipado com painéis solares, que permitem produzir, por exemplo, toda a água quente consumida a bordo.

As viagens a bordo desta embarcação são, obviamente, reservadas a uma clientela com poder de compra, geralmente europeia e sul-africana, que procura o exotismo numa das mais recônditas região do mundo. Em total segurança.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.