No recente artigo, Custódio Issa foi entrevistado sobre a sua viagem ao Saara e sobre a sua paixão por Marrocos. Mais conselhos que são, na verdade, atrações principais que não revelámos antes: os amantes de Kitesurf têm neste deserto o seu oásis. Difícil de acreditar? Vá e conte as suas ondas misturadas com o vento quente atirado no rosto. Os panos tuaregue são mesmo necessários senão será linchado pelas areias grossíssimas quando está nos cumes das dunas. Embrulhe-se bem, bom conselho.

Quanto à hospedagem, há vários alojamentos, mas o nosso português sugere uma espécie de glamping onde ficou: Les Dunes de Dakhla. Tendas gigantes, piscina, deserto, dunas, pôr-do-sol e o silêncio. Boa opção para descansar após kitesurf. Também pode optar por Dakhla Attitude.

Lembre-se disto: não precisa de mais de três dias para ‘ver’ Dakhla e arredores. Não se esqueça da “Duna Branca” que é uma montanha branca no meio do mar. Pode atravessá-la quase de forma bíblica e os guias são solidários com a nossa curiosidade e segurança. Daí pode avistar quem faz kitesurf.

Algo maravilhoso e único no mundo que vai encontrar (prepare a íris e a lente): um oásis com solo castanho, em pleno deserto, onde os peixes nascem e a água brota dali também. Tem de ver, sentar e inspirar-se. Encha a galeria do seu instagram que todos vão pensar que fez uma edição de imagem impossível.

Sobre as ‘tours’, importante saber como fazer para se dirigir aos locais. Issa foi acompanhado por um motorista e guia turístico, o Salem, que foi sempre muito prestável. Em todos os sentidos, pontualíssimo exceto num dia em que se atrasou 10 minutos. Sabe porquê? Fez um desvio para comprar ração para um gatinho que estava faminto e ‘parecendo perdido’. Além de amáveis, são exemplares nas atitudes… pessoas como Salem. Um Berbere que marcará a sua memória-Mundo do Issa. Quanto a agências locais, Issa deixa a sugestão: Dakhla Ride Adventures.

Quanto à companhia aérea para fazer o trajeto Portugal – Hey Sahara Desert, escolha Royal Air Maroc, pois além de ser a mesma coisa que a TAP… é muito mais económica.

Curioso é que no Saara Ocidental, e nesta época de crise sanitária, um morto e dez casos relacionados com a COVID-19 é o registo até hoje. Apenas. Bizarro? Tente ir e descobrir uma série de situações atrativas.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.