Mona Lisa é, possivelmente, a pintura mais famosa do mundo e recentemente foi alvo de mais um ataque. No Museu do Louvre, em Paris, um homem lançou um bolo contra a obra de Leonardo Da Vinci, uma ação que não gerou consequências mais graves devido ao vidro blindado que a protege.

Várias fotos mostram o vidro que protege A Gioconda (1503) manchado de creme, enquanto um segurança o limpa rapidamente, mas as rede sociais captam tudo e o registo do momento fez eco em todo o mundo.

O autor da ação foi um homem que entrou no museu parisiense usando uma peruca, fazendo-se passar por uma idosa em cadeira de rodas.

"Há gente a destruir a Terra (...) Artistas, pensem na Terra. Foi por isso que eu fiz isto. Pensem no planeta", disse o homem vestido de branco com touca e peruca, em francês, minutos depois do ataque.

O Ministério Público de Paris anunciou a abertura de uma investigação por "tentativa de degradação de um bem cultural", acrescentando que um homem de 36 anos foi internado na ala psiquiátrica da polícia no domingo passado.

Esta não foi a primeira vez que A Mona Lisa de Leonardo Da Vinci foi alvo de um ataque, aliás, foram já muitas as obras que sofreram com a fúria de ativistas ou protestantes. Para saber mais veja na fotogaleria abaixo.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.