Há centenas destas pequenas dádivas da natureza espalhadas por todo o país o que torna difícil escolher em quais parar, por isso, fizemos uma lista com as nossas favoritas.

1-  Seljavallalaug Hot Springs

Seljavallalaug Hot Springs
Seljavallalaug Hot Springs créditos: Mundo Magno

O mais interessante destas águas termais é a localização no meio das montanhas. E o facto de ser a mais antiga piscina islandesa com águas termais construída pelo homem, mais precisamente em 1928. E, claro, a pequena caminhada de 20 minutos por entre as montanhas para lá chegar, e… pronto, penso que já chega.

Pequeno senão, não são tão quentes quanto seria de esperar para os padrões islandeses. Mas ainda assim continua a valer a pena uma visita.

Preço: grátis mas há uma pequena caixa onde se pode e se deve fazer um donativo.

Localização: Ficam a cerca de duas horas da capital, uns quilómetros antes da cascata Skógafoss. Basta colocar “Þjóðvegur, Iceland” ou “Seljavallalaug” no GPS.

2 -  Reykjadalur Hot Springs

Reykjadalur Hot Springs
Reykjadalur Hot Springs créditos: Mundo Magno

Ao contrário de outras hot springs, que acabam por ter o formato de uma piscina ou de um buraco, estas são na verdade um rio. E como se não bastasse serem quentinhas e extremamente fotogénicas vêm com o bónus de existir um geiser por perto que irrompe a cada 10 minutos.

É preciso caminhar cerca de 45 minutos para chegar ao sítio mas é uma caminhada sem grande desnível e com vistas bonitas pelo que se faz muito bem.

Preço: completamente grátis.

Localização: Seguir de Reykjavik pela Ring Road/Estrada n.º 1 até Hveragerði e daí seguir os sinais até “Reykjadalur” e atravessar a aldeia até ao estacionamento para daí iniciar a caminhada.

3-  Mývatn Nature Baths

Mývatn Nature Baths
Mývatn Nature Baths créditos: Mundo Magno

São também chamados de “blue lagoon” do norte. São de facto muito parecidas com a Blue Lagoon, com a exceção de serem ligeiramente mais pequenas, terem menos visitantes e serem consideravelmente mais baratas.

Como estão localizadas no longínquo norte acabam por ter menos pessoas mas acreditem que não ficam atrás da sua irmã mais famosa que fica a 15 minutos do aeroporto.

Preço: 5500 ISK (cerca de 35€) e grátis até aos 12 anos.

Localização: Basta colocar o nome no GPS.

 4-  

Landbrotalaug
Landbrotalaug créditos: Mundo Magno

Fora do circuito mais turístico, na península de Snaefellsnes, podem encontrar estas águas termais bem diferentes numa quinta abandonada.

Existe um pequeno buraco onde cabem 3 ou 4 pessoas e um outro mais raso e maior.

Preço: grátis

Localização: coloquem as seguintes coordenadas no GPS: N64°49.933 W22°19.110

5-  

Blue Lagoon
Blue Lagoon créditos: Mundo Magno

São as mais famosas e as mais turísticas e é fácil perceber porquê. São lindas e a localização, perto do aeroporto, faz com que o acesso seja muito conveniente.

Normalmente é necessário reservar online porque os bilhetes esgotam rápido.

Preço: depende do pacote escolhido. Nós escolhemos o mais básico e foi suficiente. Tem toalha, uma bebida e uma máscara de rosto por cerca de 50€, crianças grátis.

Localização: basta colocar “blue lagoon” no GPS e conduzir os 20 minutos desde o aeroporto ou 50 desde Reykjavík.

6-  

Hrunalaug e a Secret Lagoon
Hrunalaug e a Secret Lagoon créditos: Mundo Magno

As hot springs de Hrunalaug são provavelmente as mais pitorescas de todas as hot spings. Ficam no interior do sul da Islândia e são mais frequentadas por locais do que por turistas o que lhes dá um toque único.

Preço: normalmente está alguém num carro no estacionamento a pedir 10€ por adulto, se não estiver, há uma caixa onde deixar o pagamento.

Localização: seguir em direção a Flúðir, e daí para Hrunavegur. Depois  virar à direita em Kaldbaksvegur, novamente à direita em Sólheimar e estacionar nas Hrunalaug Hot Springs

Bem pertinho destas águas termais encontram outras também pouco conhecidas e que até 2006 estavam fechadas e esquecidas apesar de serem muito antigas, a Secret Lagoon.

Uma das coisas mais interessantes destas “hot springs” são o geiser que está na propriedade e que irrompe a cada poucos minutos.

Preço: cerca de 25€ por pessoa

Localização: basta colocar “secret lagoon hot Spring” no GPS.

Algumas hot springs onde ainda não fomos mas que estão na lista para uma próxima visita:

Geosea Sea Baths: Está localizada em Husavik no norte da Islândia e foram abertas ao público há apenas 2 ou 3 anos.

Preço: cerca de 35€

Localização: Vitaslóð 1 640 Húsavík

-  Krossneslaug, nos Westfjords: Tem uma pequena piscina e um pequeno buraco com água ainda mais quente que a piscina.

Preço: 5€

Localização: fica no fim da estrada 643. Basta por o nome no GPS.

- Grettislaug: É uma pequena piscina circular rodeada de pedra no nordeste. Estava nos planos visitá-la na última viagem mas distraímo-nos e passámos a saída…

Preço: existe uma caixa onde se coloca uma pequena quantia para os donos do terreno.

Localização: fica no nordeste do país e basta colocar o nome no GPS.

Agora que já têm uma lista das melhores hot springs para a vossa próxima visita à Islândia, não se esqueçam que muitas delas estão em terrenos privados e que, para que o acesso continue a ser permitido pelos proprietários (já foram vedadas várias por causa do comportamento de alguns turistas), é necessário o maior respeito pelo local que estão a visitar.

A regra de ouro é nunca deixar um único vestígio da vossa presença para que assim todos possam continuar a usufruir da generosidade dos donos do espaço.

Já nos seguem na nossa conta no Instagram? Podem descobrir mais sobre a nossa recente  (pós-covid) road trip à Islândia

Artigo originalmente publicado no blogue Mundo Magno

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.