1. Japão

O terra do sol nascente surpreende pela sua cultura que alia hospitalidade, organização e civismo de forma única, sem falar nas belas paisagens e grandes cidades. O Japão está na lista de sonho de muitos viajantes.

2. Ilhas Lofoten, Noruega

Um tesouro escondido na Noruega, de uma natureza selvagem, marcada por montanhas, fiordes, enseadas e vilas pitorescas. O facto de ser um dos últimos locais em estado selvagem da Europa provoca logo uma vontade de fazer as malas e explorar este arquipélago no Círculo Polar Ártico.

3. Rússia

Esqueça as ideias feitas que tem sobre este destino e prepare-se para descobrir uma matriosca cheia de boas surpresas, que vai, com certeza, surpreender pela positiva.

4. Vietname

Um povo hospitaleiro, boa gastronomia, cidades frenéticas, cultura milenar e paisagens naturais belíssimas. Dos vários países do Sudeste Asiático que ouvimos falar este ano, o Vietname ficou no número um da lista.

5. Sri Lanka

Continuando pela Ásia, o Sri Lanka é um país que está a atrair cada vez mais turistas e a mostrar o seu melhor lado, depois de um passado marcado pela guerra. A natureza é um dos seus trunfos, mas não é, de todo, o único.

6. Sardenha, Itália

Um destino para os amantes de praia, ideal para umas férias de verão perfeitas. A segunda maior ilha do Mediterrâneo tem praias belíssimas, sendo difícil escolher a mais bonita.

7. Copenhaga, Dinamarca

Voltamos ao norte da Europa e marcamos Copenhaga no nosso mapa. Uma cidade que merece ser visitada e a qual dá vontade de regressar. Apesar de serem conhecidos como os latinos da Escandinávia, os dinamarqueses conseguem ter um estilo de vida bem diferente do nosso.

8. Paris, França

A cidade das luzes nunca cansa e há sempre um bom motivo para regressar. A capital francesa sofreu uma quebra de visitantes devido aos atentados terroristas mas, com segurança ainda mais reforçada, Paris é sempre uma boa ideia.

9. Londres, Inglaterra

Outra capital europeia que não cansa e que está sempre na moda. E é fácil perceber o porquê. Londres é uma metrópole multicultural, onde há sempre algo para fazer, os museus são gratuitos, as pessoas são simpáticas e as atrações turísticas são muitas. No Natal, a capital inglesa ganha uma magia especial.

10. Florença, Itália

Florença é luxuosa e cativante com as suas ruas estreitas e os seus palácios imponentes. Aquela que foi a capital do Renascimento continua a ser uma cidade das artes, um museu a céu aberto que merece ser explorado sem roteiros e com calma.

11. Budapeste, Hungria

A cidade divida que une os amantes de viagens, assim foi descrita a capital da Hungria pelos viajantes do Volto JÁ. A “Paris do Leste” tem uma identidade muito própria e um brilho especial quando o dia termina.

12. Austrália

Um país que é quase um continente, que fica do outro lado do mundo e que faz parte do imaginário de todo o viajante, quer seja pelos cangurus e coalas, pelas paisagens magníficas e pela deslumbrante Sydney. Vale a pena organizar uma viagem a Austrália? Claro que sim!

13. Tunísia

Um país que luta para reconquistar os turistas, após passar por um período social e político conturbado. A Tunísia tem muito para oferecer aos que resolverem quebrar alguns preconceitos e decidirem conhecer um país fantástico.

14. Islândia

Mais um destino que está na “wish list” de muitos amantes de viagens. A natureza inóspita e crua da Islândia parece hipnotizar quem já lá esteve.

15. Zâmbia

Terminamos este top com mais um país direcionado para os amantes da vida selvagem, principalmente para aqueles que sonham fazer um safari na savana africana e tentar ver de perto animais no seu habitat natural.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.