A literatura britânica está repleta de obras que nos transportam até ao passado, levam-nos por reinos mágicos ou colocam-nos no centro de cenas de um crime.

Estes 10 livros inspiram-nos a fazer uma viagem pelo Reino Unido, quer através das suas páginas como na vida real.

1. Peter Pan, Escócia

Quem não conhece Peter Pan, Sininho, Wendy e Capitão Gancho? Poucas pessoas sabem que a história do menino que não quis crescer começa na Escócia, onde nasceu o escritor e dramaturgo J.M Barrie. A casa onde Barrie passou os seus anos mais felizes, Moat Brae em Dumfries é tida como o berço de Peter Pan. Já a ilha escocesa Eilean Shona teria sido a inspiração para a Terra do Nunca.

Londres também está fortemente associada a Peter Pan. A primeira aparição da personagem foi no conto "Peter Pan in Kensington Gardens". Hoje o parque londrino acolhe a famosa estátua de Peter Pan e uma área de brincar em sua homenagem.

2. O Senhor dos Anéis, País de Gales

JRR Tolkien cresceu na cidade inglesa de Birmingham, até então uma aldeia rural. O autor ficava intrigado com o idioma 'estranho' que via nas placas da estação de comboios: "uma língua antiga, ainda viva".

O idioma era o galês, de origem celta e falado até hoje em boa parte do País de Gales. Tolkien usou o galês como inspiração para as línguas élficas presentes nas suas obras.

3. O Monte dos Vendavais, Haworth

A aldeia de Haworth, em Yorkshire, e os pântanos ao seu redor são famosos por serem o lar das irmãs Brontë. Para Emily Brontë a região foi fonte de inspiração para "O Monte dos Vendavais" (Wuthering Heights) de 1847.

Hoje a casa da família tornou-se num museu, onde estão expostos itens pessoais como a mesa onde Emily escrevia. Nas proximidades fica a Cascata Brontë, conhecida por ser o local favorito da família.

4. Alice no País das Maravilhas, Oxford

Como foi bom viajar com Alice, seguir o Coelho Branco e cair num mundo mágico! A obra-prima literária de Lewis Carroll nasceu na cidade de Oxford, Inglaterra, onde permanece viva até hoje. Tudo começou com um passeio de barco com a pequena Alice Liddell, a filha do reitor da universidade, onde Carroll dava aulas de matemática.

O conto narrado no barco transformou-se em livro e foi publicado em 1862. E Oxford continua cheia de atrações para quem quer seguir os passos de Alice.

5. Orgulho e Preconceito, Hampshire

Como não se apaixonar por Mr Darcy? Jane Austen, uma das autoras mais aclamadas da literatura britânica, é capaz de nos transportar até os anos 1800 nas suas belíssimas obras. Austen está muitas vezes associada a Bath, cidade onde morou e fez parte da sua inspiração, e que mantém um museu em sua homenagem. Mas foi na Chawton House que Jane Austen deu vida aos seus livros mais famosos - "Orgulho e Preconceito", "Sensibilidade e Bom Senso", "Persuasão" e "Emma".

6. A saga Harry Potter, Grã-Bretanha

Uma das séries de maior sucesso pelo mundo fora, Harry Potter é sinónimo de Grã-Bretanha. A escritora JK Rowling integrou os cenários britânicos em cada etapa da história, desde a casa dos Dursley em Surrey até à estação de comboios de King's Cross, em Londres, passando pela casa dos Weasley em Deavon e rumo às Terras Altas na Escócia - sede do Castelo de Hogwarts.

7. Drácula, Whitby

Após uma visita do romancista Bram Stoker à cidade do litoral de Whitby, no norte de Inglaterra, em 1890, surgiu a inspiração para o cenário principal de Drácula. As ruínas da enorme Whitby Abbey, cercada por lápides de pedra, criaram a atmosfera sombria ideal para Stoker. Todos os anos o Halloween em Whitby é digno do Conde Drácula.

8. A obra de Agatha Christie, Devon

Residente na Riviera Inglesa, a 'Rainha do Crime' não teve apenas um, mas uma série de livros inspirados e escritos na região de Devon, Inglaterra. A adorável cidade do litoral de Torquay foi onde Agatha nasceu e viveu a maior parte da sua vida, e é lá que acontece um festival em sua homenagem, no mês de setembro. Siga os passos de Poirot e Miss Marple no trilho inspirado em Agatha Christie pela região.

9. As Crónicas de Nárnia, Irlanda do Norte

CS Lewis inspirou-se na mitologia celta para criar a saga "As Crónicas de Nárnia". O escritor nasceu em Belfast, na Irlanda do Norte e estudou em Oxford, Inglaterra, onde acabou por se tornar um grande amigo de JRR Tolkien. Os dois costumavam beber juntos no pub The Eagle and Child, que existe até hoje. Mas foi nas Montanhas Mourne, durante as suas férias, que CS Lewis viu o fantástico universo de Nárnia ganhar vida: "Fez-se sentir que a qualquer momento um gigante poderia levantar a cabeça sobre a próxima cordilheira", escreveu.

10. A obra de Shakespeare, Stratford-upon-Avon

Quem não viajou com "Sonho de Uma Noite de Verão"?. Reconhecido como um dos maiores escritores do planeta, William Shakespeare fundou as bases da língua inglesa como a conhecemos hoje, há mais de 400 anos. Visitar a sua cidade natal, Stratford-upon-Avon, a 2 horas de Londres é uma experiência única para os fãs da literatura inglesa. A casa onde Shakespeare nasceu foi transformada num rico museu e as suas peças são encenadas até hoje no majestoso teatro da cidade.

Fonte: VisitBritain

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.