A Singapore Airlines anunciou que vai retomar o seu voo sem escalas entre Singapura e Nova Iorque, a partir de 9 de novembro. Com uma duração de 18 horas, voo entre Singapura e o Aeroporto Internacional de Newark, foi o voo regular de passageiros mais longo do mundo. No entanto, a rota foi uma das primeiras a ser cancelada devido à pandemia e foi suspensa a 23 de março.

Agora, porém, a ligação entre Singapura e Nova Iorque será retomada, com voos a partir de 9 de novembro. No entanto, existe uma pequena diferença: o voo não aterrará no Aeroporto Internacional de Newark, mas sim no Aeroporto Internacional John F. Kennedy.

De acordo com o anúncio, o voo do Aeroporto Changi de Singapura para o Aeroporto Internacional John F. Kennedy terá a duração de 18 horas e 5 minutos, enquanto o voo do Aeroporto JFK para Singapura terá a duração de 18 horas e 40 minutos. Percorrendo, assim, mais 3 quilómetros em comparação com a anterior rota.

O voo será realizado três vezes por semana, com um Airbus A350-900 com 187 assentos na classe económica, mais 24 na classe económica premium e 42 na classe executiva. Embora as restrições de viagem ainda afastem muitos passageiros, a companhia aérea espera uma "demanda significativa de carga" para produtos farmacêuticos, tecnologia e negócios de comércio eletrónico.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.