A Ryanair foi criticada por não ter expulso um homem branco que se recusou a sentar-se ao lado de uma mulher negra num dos voos da empresa de Barcelona para Londres, na última sexta-feira. Um vídeo do homem a abusar verbalmente da mulher negra já recebeu mais de três milhões de visualizações e mais de 45 mil partilhas no Facebook.

Os insultos duraram cerca de 3 minutos, em que o passageiro chamou a idosa de "preta, feia, bastarda", afirmando que se ela não mudasse de lugar, ele a "empurraria" para outro local, pois não queria sentar-se ao lado dela. Ele também grita: "Não fale comigo numa língua estrangeira, sua vaca feia e estúpida". Vários passageiros interferiram tentando acalmar o homem e pediram à tripulação que o expulsasse do avião. No entanto, em vez disso, um comissário de bordo aproximou-se do homem e, não o conseguindo acalmar, acabou por mudar a mulher de lugar, para terminar a discussão.

A filha não identificada da mulher disse ao HuffPost UK que a sua mãe, identificada apenas como “Sra. Gayle ”, é uma reformada de 77 anos que imigrou da Jamaica para a Grã-Bretanha nos anos 60. Estavam a voltar de férias para marcar o aniversário da morte do marido de Gayle.

A filha da mulher em causa disse ao HuffPost UK que quando reclamou no final do voo, os comissários de bordo negaram ter ouvido quaisquer insultos racistas durante a discussão. A filha diz que nunca mais vai voar com a Ryanair, e acredita que, se tivesse sido ao contrário “a polícia teria sido chamada e teríamos sido expulsas do voo”.

Muitas pessoas manifestaram-se contra o homem e disseram que a Ryanair deveria ter expulso o homem do voo após o incidente. Agora, os clientes ameaçam boicotar a companhia aérea, que, por sua vez, disse que "não tolerará comportamento indisciplinado".  “Comportamentos abusivos ou disruptivos como este irão resultar no impedimento dos passageiros de viajar”, afirmou a companhia aérea à BBC.

O caso, agora, está a ser investigado pela polícia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.