A escultura encontra-se em bom estado e, pelo menos, a cabeça está intacta, informou um jornalista da Tribune de l'Art, acrescentando que a descoberta aconteceu entre os escombros da abóbada e da estrutura de madeira. Ambas ficaram muito danificadas pelas chamas.

A expectativa agora é que seja possível encontrar outros três "putti" (anjos) dourados que estavam ao redor do arco da abóbada.

Um robô participa há várias semanas das tarefas de busca e seleção dos escombros, que são transportados para uma grande tenda branca instalada na frente do templo gótico, no centro de Paris.

Estes anjos foram esculpidos durante a restauração da Notre-Dame promovida entre 1728 e 1729 pelo arquiteto francês Germain Boffrand.

Passado um mês, ainda não se sabe a causa do devastador incêndio. Os primeiros indícios apontam que a origem foi acidental, provavelmente um curto-circuito.

Fonte: AFP

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.