O novo espetáculo pretende ser uma abordagem ao Burlesco numa estética criativa, que reinventa a tradição ao sabor de histórias verdadeiras e autênticas, cantigas e textos esquecidos que, outrora, fizeram as delícias de uma Lisboa boémia e perigosa. As personagens são reais, são lisboetas de um passado mais ou menos distante, que moldaram, à sua maneira, o que é hoje o património musical e cultural da cidade.

O espetáculo tem a produção da “Tenda Burlesca”, com música, texto e encenação de Pedro Castanheira e conta com os artistas: Caroline Carp, Baltazar Molina, Francisco Andrade e Francisco Beatriz. A direcção técnica é de João Santos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.