As restantes medalhas arrecadadas pelos vinhos portugueses foram de prata.

A 25.ª edição do Concours Mondial de Bruxelles contou com a participação de 9.080 vinhos, oriundos de 48 países.

O número de vinhos portugueses premiados caiu relativamente à edição do ano passado, quando 368 receberam medalhas. Já os vinhos distinguidos com medalhas de Grande Ouro - a mais alta classificação - aumentaram em dois.

Os vinhos foram avaliados por um painel de mais de 330 jurados, nomeadamente escanções, compradores, importadores, jornalistas e críticos de vinho provenientes de todo o mundo.

A realização do evento este ano em Pequim representa uma estreia do Concours Mondial de Bruxelles na Ásia e ilustra a crescente importância do mercado chinês para o setor.

Segundo a Organização Internacional da Vinha e do Vinho, a China é já o 5.º país em termos de consumo absoluto de vinho, a seguir aos Estados Unidos, França, Itália e Alemanha.

A 25.ª edição do Concours Mondial de Bruxelles contou com a participação de 9.080 vinhos, oriundos de 48 países.

A edição do próximo ano terá lugar em Aigle, na Suíça.

Fonte: Lusa

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.