“É com grande pesar que anunciamos o encerramento definitivo do restaurante O´Naturel, no próximo sábado, 16 de fevereiro de 2019”. É assim que os donos do restaurante, os gémeos Mike e Stephane Saada, de 43 anos, anunciam no site o fim do primeiro restaurante para nudistas na cidade de Paris.

Apelam também que os clientes venham degustar uma última refeição durante o mês de janeiro e até à data do seu encerramento.

Localizado no coração do 12º arrondissement, o restaurante foi o primeiro na capital francesa e pretendia oferecer a possibilidade dos amantes do nudismo de usufruirem de um espaço durante o ano inteiro e não apenas no verão, como acontece com as praias para nudistas. “O prazer de jantar durante todo o ano na capital com respeito pelos valores naturistas”, de acordo com o site.

O presidente francês da Federação do Naturismo, Yves Leclerc, afirmou a propósito da abertura do O´Naturel, “É como se tivéssemos de férias, mas melhor”.

Apesar de em França existirem 2.7 milhões de nudistas (números da Federação francesa do Naturismo), o restaurante parece não ter conseguido manter a clientela.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.