O chef, natural de Spoleto, em Itália, e com restaurante no centro de Matosinhos, convida os clientes a levarem para casa as massas secas, de produção artesanal e com sabores tão diversos como tomate, espinafre, beterraba e cenoura. Esta é uma forma de ter à mesa os sabores típicos de Itália, pois o método de produção seguido por Sergio Crivelli respeita as ancestrais tradições transalpinas. Trata-se de um produto original, diferente das típicas pastas italianas, mas que o chef Sergio Crivelli garante terem o mesmo sabor de sempre, além de que “são atualmente uma tendência de paladares em Itália”.

Ainda de acordo com Sergio Crivelli, “estas novas massas, de base vegetariana, são produzidas no nosso laboratório e respeitam as mais ancestrais técnicas. São muito saudáveis, além de que são de fácil confeção - preparação em casa”. Para o chef, que dá o nome ao restaurante situado no centro de Matosinhos, “este produto tem uma grande polivalência gastronómica e pode ser consumido por vegetarianos e veganos”.

A ideia de criar estas massas surgiu durante o confinamento e “é mais uma forma de levar aos nossos clientes o prazer da gastronomia italiana que, diariamente, pode também ser experimentada no nosso estabelecimento”. Afinal de contas, não é por acaso que o restaurante do Sergio Crivelli está reconhecido pela ‘Marchio Ospitalità Italiana’, como um dos 10 restaurantes em Portugal que refletem e respeitam a tradição gastronómica italiana.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.