Completou um ano em outubro e viu o seu chef Rui Martins ser eleito o Chef Cozinheiro do Ano de 2016. Motivos não faltam para celebrar no Rib Beef & Wine que renovou a carta, reforçando o conceito de partilha dos pratos, com novas opções de sabores, onde a carne (de qualidade) continua a reinar.

Em plena Praça da Ribeira, no Porto, integrado no hotel Pestana Vintage, o restaurante consegue, ainda assim, manter-se independente da unidade hoteleira. Quando se cruza a esplanada com vista para o rio Douro e se entra no Rib Beef & Wine somos acolhidos por um ambiente informal, mas ao mesmo tempo requintado, com uma personalidade própria.

A simpatia de toda a equipa é uma constante e não apenas connosco que fomos convidados a experimentar as novidades do restaurante (veja as fotos na galeria acima) – todos os clientes são recebidos e atendidos da melhor forma possível.

E se o atendimento é um dos primeiros “detalhes” que reparamos quando vamos a um restaurante, este não seria o primeiro bom detalhe a surpreender-nos no Rib Beef & Wine. Depois de devidamente instalados, somos surpreendidos com pães quentinhos, pareciam mesmo acabados de sair do forno, acompanhados de azeite de Trás-os-Montes com flor de sal e manteigas artesanais de trufa e pão tostado.

Haverá melhor forma de começar uma refeição? Sim, há, com um cocktail. O barman do restaurante apresentou-nos duas propostas lá criadas. O Elizabeth II é um cocktail mais voltado para as mulheres e integra na perfeição gin, sumo de lima e xarope de alfazema. A apresentação do copo, envolto em açúcar em pó, dá um toque especial e doce ao cocktail. Já para agradar os sabores mais fortes, e masculinos, o Al Capone apresenta-se imponente, misturando Bourbon, licor de ervas e xarope de canela.

Tempo para as primeiras entradas chegarem à mesa. Para quem gosta de jogar de pelo seguro e não dispensa os clássicos, atenção ao que se segue: croquetes de carne com molho de cebola fumado e pastéis de massa tenra de rabo de boi com aioli de cebolinho. Uma trinca em cada um e começamos a gostar muito da ideia de partilhar estas entradas numa mesa com amigos. Massa, recheios e molhos impecáveis.

Rib Beef & Wine
Croquetes de carne com molho de cebola fumada créditos: SAPO Viagens

Para surpreender o palato, um carpaccio de novilho, chicória, molho de maionese fumada, parmesão e pinhões. Ingredientes que juntos transmitem frescura, sabor e onde a carne finíssima, que se desmancha no céu da boca, contrasta com o crocante dos pinhões. O carpaccio de novilho deixou para segundo plano a cecina maturada a 36 meses, mas que, ainda assim, conseguiu impor-se de forma forte no sabor e delicada na apresentação. Ficamos fãs deste presunto de vaca, muito menos salgado do que o presunto de porco.

Mas a grande surpresa das entradas ainda estava por chegar, com honras de ser trazida à mesa pelo próprio chef Rui Martins, que fez questão nos apresentar o pica-pau do lombo com “salsa de la vida”. Uma carne super tenra, cuja suculência acresce quando regada com um molho agridoce, que deixou as nossas papilas gustativas em festa. Uma entrada que consegue ficar na memória.

Para fechar este “round” de forma mais suave, experimentámos os cogumelos assados, com ovo cozido em baixa temperatura e molho romesco. Sabores mais leves numa boa opção para os que preferem deixar a carne para o prato principal. No entanto, não é uma entrada que se destacou depois de termos experimentado as anteriores opções.

Por falar em prato principal, chegou a altura de provar uma das estrelas da carta do Rib Beef & Wine, o Cowboy Steak, um corte de novilho maturado a 28 dias. A maturação é uma técnica utilizada na carne bovina que aumenta a sua maciez e realça o seu sabor. Quando se conhece este processo, percebe-se o motivo pelo qual este Cowboy Steak dispensa temperos - o sabor da carne fala por si só. Mas, é claro, podemos sempre melhorar e, por isso mesmo, a carne é acompanhada com três tipos de flor de sal e quatro tipos de molho (ketchup picante, barbecue, mostarda e chimichurri). Os acompanhamentos foram carbonara de batata, corte fininho e bacon q.b., e arroz de tomate assado, muito aromático e saboroso.

Rib Beef & Wine
Cowboy Steak créditos: SAPO Viagens

Ainda havia (pouco) espaço para as sobremesas e, como apanhámos a altura de Halloween, foi-nos servida uma sobremesa feita especialmente para a data: pavlova de frutos silvestres, acompanhado de gelado de abóbora. O merengue em forma de fantasma, o ácido dos frutos vermelhos e a cremosidade do gelado de abóbora fizeram desta uma sobremesa vencedora. Para fechar da forma mais doce, um parfait de vinho do Porto com mousse de chocolate. Uma das sobremesas que pode encontrar na nova carta do restaurante.

Chegava ao fim uma refeição harmonizada com vinhos do Douro, branco para entradas e tinto para prato principal e sobremesas. Um último conselho para os que querem provar as propostas variadas do Rib Beef & Wine: ir, sem pressas, para um almoço de fim de semana, aproveitando para apreciar o pôr-do-sol na esplanada do restaurante ou então passar por lá para um cocktail, um carpaccio e um pica-pau, antes de uma noite de diversão na Invicta.

Veja também: No Rib Beef & Wine o segredo está no corte

Rib Beef & Wine

Preço médio por pessoa: 40-50 euros

Pestana Vintage Porto Hotel & World Heritage Site

Praça da Ribeira nº 1

Horário: das 12h30 às 15h00 e das 19h30 às 23h00

Reservas: 966 273 822

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.