Para quem gosta de um bom hamburguer, e não se importa de pagar 600 euros por ele, tem de ir à Burguer Brasserie, em Las Vegas. É feito com Kobe Beef (uma carne reconhecida pela sua excelência no sabor, consistência e gordura) lagosta da região do Maine (Estados Unidos), prosciutto (tipo de presunto italiano), cebola doce caramelizada, creme feito de queijo brie vindo diretamente de França, tudo regado com um vinagre balsâmico com 100 anos e ainda queijo parmesão. A acompanhar, o restaurante oferece um Dom Perignon rosé.

Burguer Brasserie
créditos: @https://www.caesars.com

Na continuação da chamada fast food, este cachorro quente custa a módica quantia de 150 euros, e é servido em Seattle (EUA), no Tokyo Dog. E para o saborear tem de fazer uma encomenda com duas semanas de antecedência, no mínimo. Mas este cachorro quente não tem uma salsicha. Em vez disso, encontra carne Wagyu (conhecida como a carne mais tenra do mundo), foie gras, trufas pretas, caviar, entre outras iguarias.

cachorro quente Tokyo Dog
créditos: @Tokyo Dog

Este taco poderá ser a cereja no topo das comidas mais caras. Custa a módica quantia de 22 mil euros! Encontra-o no Grand Velas Los Cabos Resort, no México. Por este preço, tem, claro está, caviar e folhas de ouro. Leva outros ingredientes como Kobe Beef, lagostim, caviar Beluga (o mais caro do mundo) e queijo brie de trufa preta.

Grand Velas Los Cabos Resort
créditos: @Grand Velas Los Cabos Resort

No menu, não podia faltar uma boa pizza. Esta custa 1.700 euros, e é servida na Industry Kitchen, Nova Iorque. Mais uma vez, o caviar e as trufas estão presentes, juntamente com foie gras e folhas de ouro.

Ainda na sequência das pizzas, a Margo’s Pizzeria, em Malta, consta do Livro de Recordes do Guiness, como sendo a pizza comercial mais cara do mundo, vendida por 2.175 euros (aprox.).

Para refrescar, que tal um gelado de 900 euros, na Serendipity 3, em Nova Iorque? Chama-se Golden Opulence Sundae e só está disponível por encomenda, que terá de ser feita com pelo menos 48 horas de antecedência. Alguns dos seus ingredientes: folhas de ouro comestíveis de 24 quilates, pedaços de chocolate da Venezuela,  frutas cristalizadas parisienses, amêndoas douradas, trufas, e caviar. O gelado é servido numa taça de cristal que pode levar para casa. Este estabelecimento é também uma atração turística na cidade de Nova Iorque, aberto desde 1954 já recebeu a visita de várias personalidades, como Marilyn Monroe e Jackie Kennedy.

E, no final, vai um cafezinho? No Emirates Palace, em Abu Dhabi, um capuccino pode custar-lhe até 17 euros. Mas não é um capuccino qualquer. Este é polvilhado com 24 quilates de flocos de ouro, além de uma mistura superior de café aromático e é servido numa bandeja de prata.

Palace capuccino
créditos: @Emirates Palace

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.