A sua origem é controversa. Teorias defendem que a moqueca surgiu com os portugueses. E outras atribuem-na aos indígenas. Certo é que se tornou um dos pratos mais populares da Bahia, a partir da segunda metade do século XVII.

Nada como descobrir esta iguaria numa próxima viagem a Salvador, mas por enquanto que tal experimentar a receita?

Ingredientes (para cinco pessoas)

  • 1 kg de pescada em postas (ou outro peixe, como por exemplo corvina)
  • 10 camarões grandes
  • 1 limão
  • 1 cebola
  • 3 dentes de alho
  • 4 tomates pelados
  • 1 pimento verde
  • 1 pimento vermelho
  • 5 colheres de sopa de azeite ou óleo de palma
  • 1 colher de café de açafrão em pó
  • 3 dl de leite de coco
  • 1 raminho de coentros
  • Sal e pimenta q.b.

PREPARAÇÃO

Limpe o peixe, retire a espinha central, lave-o e seque-o. Junte os camarões já descascados e regue com o sumo do limão.

Descasque a cebola e os alhos, pique muito fino e deite num tacho.

Corte os pimentos ao meio, retire as pevides e as peles brancas. Corte-os depois em cubos pequenos. Junte ao tacho com a cebola e o azeite e leve ao lume.

Deixe cozinhar até a cebola ficar macia, acrescente o tomate picado e os pimentos, mexendo. Junte depois o açafrão, o leite de coco e tempere com sal e pimenta. Deixe ferver.

Junte o peixe e o camarão e deixe cozinhar por dez minutos. Acrescente os coentros e sirva com arroz branco.

Salvador desde 504€