O gelado que não derrete, atualmente só à venda no Japão, surgiu após cientistas do Biotherapy Development Research Center, em Kanazawa, terem desafiado um chef de pastelaria a criar uma sobremesa utilizando um líquido constituído por polifenóis, extraídos dos morangos, na tentativa de impulsionar as culturas deste fruto em crise desde o terremoto e tsunami que abalou o Japão em 2011.

Frustrado, o chef disse aos cientistas que “o creme de leite solidificou instantaneamente quando o polifenol de morango foi adicionado”. De imediato, um dos investigadores percebeu o potencial ali existente.

Tomihisa Ota, professor emérito de farmácia da Universidade Kanazawa, depressa chegou ao gelado que não derrete. Como o polifenol tem propriedades que dificultam a separação da água e do óleo, o mesmo possibilita a manutenção da forma durante mais tempo.

De acordo com o Condé Nast Traveler (CNT), os gelados - Kanazawa Ices - começaram a ser vendidos em Kanazawa, Osaka e Tóquio em abril de 2017.

Um repórter do jornal asiático “Asahi Shimbun” afirma que os novos gelados estão à altura. “Quando utilizamos o calor de um secador num espaço com ar condicionado, um sorvete de baunilha que foi comprado numa loja normal começou logo a derreter nas bordas”, partilhou o repórter. “Mas o Kanazawa Ice manteve a sua forma original mesmo após cinco minutos. Também continuava frio”.

Outro jornal local, SoraNews24, comprou, em julho do ano passado, um gelado em forma de urso do Kanazawa Ice e anotou todas as mudanças que o mesmo sofreu durante três horas a temperatura ambiente. Ao fim de três horas, o pau do gelado estava meio solto, saindo com facilidade do estômago do urso. Apesar disto, o gelado continuava fresco e com a forma original.

Tal como sugere o CNT, é ideal para os instagrammers da gastronomia, pois, com os Kanazawa Ice, podem procurar o ângulo perfeito para a foto do gelado e ainda comê-lo por inteiro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.