Diz Cassiana Pinheiro que o “sabor é parecido com o de uma queijada. Tem a parte de fora um pouco estaladiça nas bordas e o interior é como se fosse uma queijada fresca.”

Gamela de Gois
créditos: andarilho.pt

A descrição corresponde de forma fiel à sensação que tivemos quando provamos a Gamelinha de Góis. Tem um sabor suave e a cobertura estaladiça acentua a textura.

Cassiana Pinheiro é um bom testemunho deste doce porque falei com ela na padaria e pastelaria Kentidoce que há uma década concebeu a Gamelinha de Góis.

Gamela de Gois
Cassiana Pinheiro créditos: andarilho.pt

“Somos os únicos a confecionar. Ganhámos um concurso promovido pela Câmara Municipal há cerca de uma década que exigia a utilização de produtos regionais. Daí a utilização de noz, castanha e mel.”

A estes ingredientes do recheio juntam-se ovos, farinha, açúcar em pó e canela.

Gamela de Gois
créditos: andarilho.pt

A forma de gamela remete-nos para um instrumento e uma prática associada à confeção da broa e da preparação da carne para os enchidos.

A aposta do município com o concurso foi projetar um produto gastronómico com matéria-prima local e a marca está registada.

Gamela de Gois
créditos: andarilho.pt

A procura também é encorajadora. “Com a Rota da N2 passa muita gente e quer provar o nosso doce. A reação é positiva. Quando eu digo quais são os ingredientes pensam que é muito doce e não é. A junção dos vários ingredientes evita que seja um doce muito açucarado e não sobressai o sabor de um deles.”

Na gastronomia de Góis, e de certa forma em toda a região, destacam-se ainda a chanfana e a galinha corada.

Gamela de Gois
créditos: andarilho.pt

Gamelinha de Góis um dos doces da Nacional2 faz parte do programa da Antena1 Vou Ali e Já Venho e a emissão deste episódio pode ouvir aqui.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.