O Denningvleis é um daqueles pratos que todos os sul-africanos reivindicam como seu, mas na verdade resulta de uma fusão com a cozinha malaia, trazida por nativos das antigas colónias holandesas, que chegaram à Cidade do Cabo como escravos.

Denning” tem origem na palavra javanesa “dendeng”, que significa “carne do búfalo” — hoje em dia, porém, a receita é preparada com carne de borrego.

INGREDIENTES

  • 1,5 kg de costeletas de borrego, cortadas em pedaços
  • 2 colheres de sopa de óleo
  • 3 cebolas grandes picadas
  • 4 dentes de alho
  • 6 cravinhos
  • 1 colher de chá de pimenta-da-jamaica
  • 1 colher de chá de noz-moscada moída
  • 3 folhas de louro
  • 1 colher e meia de chá de sal
  • 4 colheres de sopa de pasta de tamarindo
  • 2 colheres de sopa de açúcar mascavo
  • 250 ml de água

PREPARAÇÃO

Numa caçarola grande, frite as costeletas no óleo até dourar de todos os lados. Retire da panela e reserve.

Abaixe o fogo e refogue a cebola e o alho. Adicione os cravinhos, a pimenta da Jamaica, a noz-moscada, os grão de mostarda, o louro, o sal, o açúcar mascavo e a água e mexa tudo, até estar bem misturado. Adicione mais água, se necessário.

Pré-aqueça o forno a 160° C.
Coloque a tampa na caçarola e transfira a caçarola para o forno. Cozinhe por uma hora.

Passado esse tempo, verifique a carne, adicione mais água, se necessário (apenas o suficiente para garantir que não seca) e cozinhe, a 140° C , por mais uma hora ou até que a carne esteja tenra.

Quando estiver pronto retire do forno e sirva com arroz branco.

Cidade do Cabo desde 270€