Valsa e música são facilmente associadas a Viena. Mas a capital austríaca tem outros encantos, ou melhor, outras atrações menos melodiosas. A cidade pretende desenvolver e fazer crescer o "turismo macabro", que ganha cada vez mais adeptos.

5 atrações que a cidade tem para oferecer aos turistas que gostam de explorar o lado B das cidades:

O Museu do Crime é extremamente gráfico, onde a criminalidade e o assassinato podem assustar até os mais fortes. Os textos estão apenas em alemão, por isso aconselha-se o guia em inglês antes da visita. A primeira secção do museu remonta a tempos antigos, finais da Idade Média, e não é tão gráfica como as restantes. No entanto, prepare-se! O primeiro encontro será com uma cabeça mumificada de um criminoso executado. A visita continua horrífica, com mais cabeças, algumas com buracos de balas, facas ainda espetadas nos corpos... Se gosta de coisas sinistras, este é um dos locais a visitar.

As catacumbas por debaixo da Catedral de St. Stephen, levam-no a dois cemitérios subterrâneos mas ligados entre si. A parte mais antiga está diretamente sob a catedral, a outra está sob a praça do lado da igreja. Cheios de ossos empilhados e caveiras, este é outro dos destinos para o turismo macabro em Viena.

O Museu do Funeral é o primeiro do mundo dedicado a este tema e foi fundado em 1967. Em 1987 foi remodelado pelo seu curador, que desde então é o responsável pelo museu. Durante vários anos, só podia ser visitado sob marcação ou com guias turísticos. Mas atualmente isso mudou. Não só está aberto ao público, como também se modernizou.

museu do funeral
créditos: @dark-tourism.com/Museu do Funeral

A Cripta Imperial acolhe os corpos dos imperadores austríacos em caixões opulentos e com ornamentos como caveiras, ossos cruzados, entre outros. Remonta à primeira metade do século XVII e contém os restos de cerca de 140 pessoas, incluindo 12 imperadores e imperatrizes, 19 rainhas, entre elas a grande Maria Teresa, a quem foi dado o maior sarcófago de todos. O nome "Cripta Imperial" é apenas uma tradução livre do original alemão "Kaisergruft", que é o nome oficial do local - embora seja mais conhecido como o Kapuzinergruft.

cripta imperial
créditos: @dark-tourism.com/Cripta Imperial

Museu da Tortura
Uma pequena exposição que consiste principalmente de bonecos e adereços, que ilustram vários métodos de tortura, principalmente usados na época Medieval. Mas também tem uma secção complementar moderna sobre a tortura contemporânea, pena capital e direitos humanos.

museu da tortura
créditos: @dark-tourism.com/Museu da Tortura

Se ficou seduzido pelo lado obscuro da cidade, pode consultar o site dark-tourism.com para mais sugestões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.