Além das várias salas temáticas pensadas para serem fotografadas e “instagramadas”, haverá espaço para a degustação de doces, já incluídas no bilhete. Haverá ainda espaço para jogos de realidade virtual e uma plataforma para fotografia 360º.

Será possível adquirir merchandising da marca em Marvila e está a ser desenvolvida uma aplicação que, além de permitir a compra de bilhetes de forma simples e descomplicada, será também uma aliada para melhorar a experiência durante a visita ao museu.

Este é um museu pop-up que ficará em Lisboa durante 3 meses, seguindo depois para outras cidades portuguesas e europeias.

Os bilhetes estarão à venda a partir de abril e têm um custo de 20 euros, dos quais 1 euro será doado à organização Terra dos Sonhos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.