"A iniciativa pretende relembrar o Soho de antigamente, na época em que os portugueses faziam desta zona da cidade o seu ponto de chegada, em busca duma vida melhor na América", explica a organização em comunicado.

O Arte Institute diz que o objetivo é "reavivar a herança de Portugal em Manhattan, dando a conhecer aos americanos uma presença desconhecida por muitos e impulsionando os jovens lusodescendentes a ter orgulho nos seus antepassados."

O ponto de partida para este ano realiza-se hoje, no Joe's Pub, com um concerto de Renato Diz e Maria Quintanilla, com o título "Portugal: Possibilidades e Caminhos Sonoros".

No domingo, 04 de junho, será o dia do "Portugal in Soho", que acontece na Sullivan Street e no Vesuvio Park.

Tal como em anos passados, irá ser recriado um dos antigos clubes portugueses, "O Piolho", onde será possível comprar livros de escritores portugueses, experimentar a gastronomia nacional e admirar peças de artesanato e artes plásticas, com pequenas mostras de artistas portugueses e lusodescendentes.

Na rua, serão apresentados dois projetos que o Arte Institute desenvolveu com as escolas portuguesas de Long Island e de New Jersey: primeiro, será lançado o livro que resultou do projeto do ano passado, "Um pequeno país do outro lado do oceano", e, depois, "Fernando Pessoa", que levou os alunos das mesmas escolas a estudar o autor português durante o ano letivo.

No mesmo dia, acontece uma visita guiada, a pé, através das ruas e locais por onde os portugueses viviam, trabalhavam e passeavam no Soho de antigamente.

Será ainda possível ver atuações com artistas portugueses, danças tradicionais e participar em oficinas grátis para crianças e adultos.

A história destes portugueses, que se fixaram neste bairro entre os anos de 50 e 80 do século passado, resultou no documentário "Portugueses do Soho - uma história que mudou de geografia", que se estreou no Museum of Modern Art (MoMA), no ano passado, e foi exibido no CCB, em Lisboa.

O Arte Institute, uma organização sediada em Nova Iorque que divulga a cultura contemporânea portuguesa, tem o apoio da Caixa Geral de Depósitos e da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento, para este evento.

Fonte: Lusa

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.