O acordo inclui medidas específicas sobre alojamento, que implicam uma redução de custos para os organizadores e para as entidades participantes nos Jogos Olímpicos, que reduzem a necessidade de construção de novas infraestruturas para o período dos Jogos, e que geram rendimento, que terá um impacto direto nos anfitriões e nas comunidades locais. Em conjunto com o Comité Paralímpico Internacional (CPI), a plataforma Airbnb também vai promover a existência de alojamentos acessíveis a pessoas com deficiência e que incluam outros requisitos de acessibilidade.

"A Airbnb e o COI têm uma longa história na criação e na receção dos melhores eventos do mundo. A nossa parceria olímpica vai garantir que os Jogos 2020 sejam os mais inclusivos, acessíveis e sustentáveis realizados até hoje, e vai ter um impacto positivo e duradouro, benéfico para atletas e comunidades anfitriãs. Na Airbnb, o nosso objetivo é ajudar a criar um mundo onde todos se possam sentir em casa em qualquer lugar. Por isso estamos muito orgulhosos que também a comunidade de anfitriões e hóspedes adote o espírito olímpico", afirma Joe Gebbia, cofundador da Airbnb.

"Esta parceria inovadora vai apoiar as nossas estratégias para garantir que a organização eficiente e sustentável dos Jogos Olímpicos tenha um impacto positivo na comunidade de anfitriões. Com o apoio da Airbnb, também vamos proporcionar novas oportunidades aos atletas de todo o mundo, para que que criem as suas próprias fontes de rendimento, através da promoção da atividade física e dos valores olímpicos", afirma Thomas Bach, presidente do COI.

Este trabalho conjunto vai ser realizado em conformidade com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, para proporcionar opções de viagem que promovam o desenvolvimento económico, a inclusão social e a sustentabilidade ambiental.

Experiências Olímpicas na Airbnb

O COI e a Airbnb também vão oferecer "Experiências Olímpicas", uma iniciativa faz parte dos esforços do COI de apoiar os atletas e de colocá-los no centro do Movimento Olímpico. A nova categoria, que vai ser lançada no início de 2020, vai fazer com que os desportistas profissionais beneficiem economicamente de uma atividade enquanto anfitriões, além da realização dos Jogos Olímpicos, e noutras áreas geográficas onde não se realizem. Estas experiências  vão incluir atividades muito diversas, como treinar com um atleta olímpico ou explorar a cidade com um desportista prestigiado. Durante os próximos meses, a Airbnb e o COI, através da plataforma Athlete 365, vão oferecer apoio e formação aos atletas interessados em tornarem-se anfitriões nas Experiências na plataforma Airbnb.

Como parte do acordo, o COI vai disponibilizar aos atletas que competem nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, alojamentos na plataforma Airbnb no valor de, pelo menos, 28 milhões de dólares (cerca de 25 milhões de euros) para as viagens relacionadas com a competição e os treinos.

A Airbnb torna-se no Parceiro Olímpico Mundial na categoria exclusiva "Produtos e serviços de alojamento e de experiências únicas". Enquanto parceira mundial, a Airbnb vai agora apoiar os Jogos Olímpicos de 2020 em Tóquio, os Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim em 2022, os Jogos Olímpicos de Paris em 2024, os Jogos Olímpicos de Inverno de Milão-Cortina, em 2026, e os Jogos Olímpicos de Los Angeles, em 2028.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.