Pedrógão Pequeno faz parte das Aldeias de Xisto mas as casas estão rebocadas de branco. O mais visível é o granito nas cantarias das portas e janelas.

O centro histórico está preservado, com o casario a manter a traça original e as ruas estreitas a sinalizarem o ritmo da caminhada.

Pedrógão Pequeno
créditos: andarilho.pt

Muitas casas foram construídas por emigrantes no final do século XIX, inicio do século XX, e recuperadas nas últimas décadas. Ana Paula é comerciante há 25 anos em Pedrógão Pequeno, tem uma loja de comércio tradicional, e diz que o embelezamento da povoação se deveu a fundos comunitários quando da classificação como Aldeia de Xisto.

Um dos sinais da aposta no turismo é Pedrógão Pequeno começar a ter muitos visitantes que fazem caminhadas. Tiram proveito do rico património paisagístico da região.

O Rio Zêzere é o elemento central e passa ao lado de Pedrógão. O rio serpenteia encostas muito altas e do alto do Monte da Senhora da Confiança temos uma visão geral, com um enorme horizonte.

Pedrógão Pequeno
Ponte Filipina créditos: andarilho.pt

Ao contrário, ao atravessarmos o Rio Zêzere na Ponte Filipina o olhar é esmagado pelas encostas íngremes e enormes. A Ponte Filipina foi construída no inicio do século XVII e está classificada como Monumento Nacional. É constituída por três arcos e o maior tem mais de 20 metros. Fica num lugar isolado, só se ouve o barulho da água do rio, é muito bonita e durante alguns séculos foi também muito útil porque era o único ponto de passagem rodoviária entre os dois Pedrógãos.

Pedrógão Pequeno
créditos: andarilho.pt

Só com a Barragem do Cabril, construída em meados do século passado, é que este caminho sinuoso e ribanceiro foi ultrapassado por uma via mais moderna. A barragem trouxe muitos trabalhadores para a região, alimentando a economia local e a albufeira é aproveitada como zona de lazer. Tem uma praia fluvial e toda a envolvência natural é muito bonita.
Uma outra zona de lazer junto do Zêzere é o Moinho das Freiras.

Pedrógão Pequeno
O pelourinho desastrado créditos: andarilho.pt

Pedrógão Pequeno tem ainda algum património arqueológico e no centro histórico destaca-se o pelourinho. É a terceira versão do monumento. A primeira foi destruída  por gentes da Sertã no século XVI e o pelourinho seguinte foi parcialmente destruído por um grupo de saltimbancos no decorrer de um espectáculo. O pelourinho foi reconstruído no século XX e continuou com uma vida azarada. Após um acidente, teve de ser  deslocado para o local onde se encontra agora.

Pedrógão Pequeno
Igreja Matriz créditos: andarilho.pt

Destaque também para a Igreja Matriz que é do século XVI e tem como orago São João Batista. Em frente dá também nas vistas o bonito edifício da Junta de Freguesia e da Filarmónica que pertenceu ao Priorado do Crato.

Pedrógão Pequeno faz parte do concelho da Sertã.

Pedrógão Pequeno e o pelourinho desastrado faz parte do programa da Antena1 Vou Ali e Já Venho e pode ouvir aqui.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.