É um dos locais preferidos em Olhão em momentos de lazer. Podemos relaxar numa das esplanadas dos cafés, nos corredores laterais. Sentimos a cidade. Toda a vida dos locais e visitantes passa por ali.

Mercado de Olhão
créditos: Andarilho

No interior do mercado é a habitual azáfama de um dia de trabalho que começa bem cedo. O senhor João, vendedor de peixe, levanta-se às 5h e uma hora depois está no mercado que abre perto das 6.30h.

João é um dos cerca de 80 vendedores que tem uma banca de peixe. “Sou o mais velhinho aqui dentro. A minha primeira atividade foi andar a pedir com o meu avô que era ceguinho".

Mercado de Olhão
créditos: Andarilho

"Vim para aqui pedir peixe. Com 18 anos fui para a pesca para a Fuzeta, depois fui para a tropa em Angola e mais tarde regressei aqui”.

Mercado Municipal de Olhão é constituído por dois edifícios. Um para venda de peixe e o outro pra verduras. São estruturas muito parecidas. As paredes são em tijolo e os extremos estão decorados com torreões circulares.

Mercado de Olhão
O Mercado Municipal visto da Ria Formosa créditos: Andarilho

Como se fosse uma fortaleza. O metal e o vidro são outros materiais dominantes que ajudam na iluminação natural do interior.

Mercado de Olhão
créditos: Andarilho

A inauguração foi em 1915 e o mercado foi sujeito a obras de restauro há cerca de duas décadas mas mantém a traça original.

Mercado de Olhão
créditos: Andarilho

As bancas eram de pedra e passaram a inox. Por outro lado, há mais gente a vender peixe. São 70 a 80 vendedores. No mercado de verduras há 50 a 60 pessoas a vender.

Mercado de Olhão
Vista do interior do mercado para a ria Formosa créditos: Andarilho

A Ria Formosa continua a alimentar o mercado de peixe e a fazer variar os preços. Segundo o testemunho do sr. João, que também foi pescador, “a ria Formosa é abundante em chocos, polvo e às vezes robalos. Antigamente, apanhava-se outras qualidades. A sardinha por vezes abunda mas faz cair o preço.”

Mercado de Olhão
créditos: Andarilho

Curiosamente, a grande mudança no mercado é a clientela – “mudou muito e mais no verão. Vem gente de todo o lado do mundo”.

Mercado de Olhão
O filho do João é quem vende aos clientes estrangeiros créditos: Andarilho

O filho ajuda porque fala inglês. Com estes clientes a venda também melhorou: “se houver um pouco de juízo na cabeça, compensa.”

Mercado de Olhão
créditos: Andarilho

O edifício onde vendem verdura é mais sossegado e colorido. Há também mais mulheres nas bancas.

Mercado de Olhão
créditos: Andarilho

O Mercado Municipal de Olhão está classificado como Monumento de Interesse Público.

Mercado de Olhão e da ria Formosa faz parte do programa da Antena1, Vou Ali e Já Venho, e a emissão deste episódio pode ouvir aqui.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.